Este blogue não adoPtou o novo acordo ortográfico.

quarta-feira, 1 de Outubro de 2014

O mesmo sol que derrete a cera, endurece o barro


Em 14 anos de comunhão com irmãos em Cristo, sendo Igreja em Cristo, já tenho experimentado e vivido vários tipos de situações e emoções.
Tal como quando nascemos e crescemos, o nosso corpo vai sofrendo alterações, assim é com todo aquele que nasce de novo no Reino de Deus.
Para que o corpo cresça, é necessário o alimento e o cuidado, para que se fortaleça tanto na saúde, como fisicamente.
No nascimento espiritual, é a mesma coisa.
Precisamos de alimento para o nosso espírito, para que possamos chegar à medida perfeita da imagem de Jesus, nosso Salvador.
Mas tenho aprendido que não é por ir a uma "igreja" ( e coloco parentesis, porque Igreja não é um edifício, e sim, um organismo vivo, um corpo vivo, formado por pessoas unidas em Cristo; eu não frequento uma igreja - eu sou Igreja) - não é frequentar os cultos e ouvir sermões e pregações  ou outro tipo de ritual, que traz alguém para mais perto de Deus. Aliás, muitos dos corações mais endurecidos que tenho conhecido, são de pessoas que frequentam igrejas. E aqui posso dizer: pessoas que frequentam o edifício!
Quando a Palavra de Deus é libertada, há pessoas que são afectadas pela Palavra e outras, alteradas, mas outras, ficam ou continuam duras, apesar da exposição à Palavra.
Porquê?
Porque simplesmente essas pessoas não têm desejo de acreditar, não têm desejo de mudar, não querem que Deus, por meio do Seu Espírito, as alcance e as transforme.
A questão não está se a mensagem é boa, se o pregador é bom, se o culto é maravilhoso, se os irmãos são ou não mais ou menos simpáticos e atenciosos, se os cânticos são lindos ou não!
Essas pessoas podem assistir e ouvir as mais belas pregações, presenciar milagres todos os dias, cantar hinos que as fazem mentir com todos os dentes, que irão permanecer na mesma, pois o problema está dentro delas: no seu coração, um coração de pedra!
Se não existir dentro de nós, um coração desejoso de conhecer a Deus e deixar que a Sua verdade nos mude e que a cada dia a apliquemos na nossa vida, de forma que isso seja visível e atinja quem nos rodeia, não vale a pena ir a uma "igreja".
Nada e ninguém as afectará. Nem mesmo o amor de Deus!

Como li uma vez : "O mesmo sol que amolece a cera, endurece o barro."

Ir ouvir a Palavra é importante, pois a fé vem pelo ouvir. E ouvir a Palavra de Deus.
Mas o teu coração será cera ou barro? Desejas efectivamente que a verdade de Deus te atinja e afecte?

Oração: Senhor, que todo o meu ser, seja como o barro nas mãos do oleiro e me deixe moldar à Tua vontade e obra em mim, que é sempre boa, mas que o meu coração seja como a cera, que se derrete com o calor do sol, e não fique endurecido, como a argila. Amem!

terça-feira, 30 de Setembro de 2014

Ovelha-guia



No passado dia 7, a minha filha deu o seu testemunho público de fé, ao desejar obedecer a Jesus, através do baptismo.
Ela mesma escolheu uma passagem da Bíblia, para imprimir na T-shirt que vestiu, em Romanos 1:16, que diz:

"Porque não me envergonho do evangelho, pois ele é o poder de Deus para salvar todo aquele que nele crer."

Sei que foi um passo dela e que não o tomou por tomar, mas em consciência e com fé. 
Afinal, sem fé é impossível agradar a Deus, pois quem dele se aproxima precisa crer que Ele existe e que recompensa aqueles que O buscam.
A alegria que experimentei nesse dia é  indescritível!
Com todos os sonhos e desejos que tenho para a minha filha e para o seu futuro, sei que este passo é o mais importante de toda a sua vida, pois irá projectar-se pela eternidade.
E neste mundo em que vivemos, o que importa mais: ganhar o mundo e perder a alma? Ou morrer para o mundo e ter toda a eternidade pela frente?

Li certa vez a história de um pastor, cuja ovelha o seguia para todo o lado.
Ele então colocou um sino nela, para que as outras ovelhas ao ouvirem o sino,  a seguissem, pois ela serviria como ovelha-guia, visto andar sempre nas pegadas do pastor.

E este tem sido sempre o meu alvo e oração: que a minha filha possa olhar para mim e encontrar uma ovelha-guia, que vai atrás do Pastor, levando o resto do rebanho atrás!
Que o Senhor a abençoe no seu caminhar junto Dele!

segunda-feira, 29 de Setembro de 2014

Tempestade à vista


O cinzento também é côr

Quando observo uma tempestade no horizonte, penso em como muitas vezes na minha vida, posso antecipar tempestades que irão cair sobre mim.
O escuro do horizonte pode assustar-me, mas Deus ensina-me a passar pelas nuvens mais carregadas. 
Melhor ainda, Ele está ao meu lado, enquanto a tempestade cai sobre mim.
Deus ensina-me a não temer a tempestade e nem a ficar amarga ou a odiar a tempestade.
Antes, sei que posso aprender com isso, posso crescer, amadurecer, sair mais fortalecida e dependente Dele.
Quantas vezes não quero fazer as coisas do meu jeito, ao meu modo, no meu tempo?
Mas quando algo está fora do meu controle, nada mais me resta, senão deixar que Deus seja Deus.
Assim, posso aprender a colocar a minha força Nele.
Crescer durante uma tempestade, pode ser e é doloroso.
Mas sei que no final, sairei alguém melhor e mais fortalecida.
E aprendo a conhecer mais um pouco sobre Aquele que tem o controle das tempestades!


"Quero estar escondido em Ti
Estou seguro na tua forte mão
Se o mar se levanta e o trovão ruge
Seguro em Ti estou na tempestade
Pai no temporal Tu és o Rei
Sossegarei pois sei que és Deus
Descansarei em Cristo só
Confiarei na Paz do Teu Poder
Se o mar se levanta e o trovão ruge
Seguro em Ti estou na tempestade
Pai no temporal Tu és o Rei
Sossegarei pois sei que és Deus"


sexta-feira, 26 de Setembro de 2014

Porque careço de ser constantemente recordada

O amor é paciente e prestável. 
Não é invejoso. Não se envaidece nem é orgulhoso. 
O amor não tem maus modos nem é egoísta. 
Não se irrita nem pensa mal. 
O amor suporta tudo, acredita sempre, espera sempre e sofre com paciência. O amor é eterno. 
1 CORÍNTIOS 13:4-7

quarta-feira, 24 de Setembro de 2014

A vontade de Deus

Muitas vezes questionamos sobre a vontade de Deus.
Qual é a Sua vontade?
A melhor forma de a encontrar, é na Palavra, a Bíblia. Encontramos muitas referências à vontade de Deus. E uma delas, é a minha preferida em oração.
Sei que quando oro assim, estou a orar de acordo com a vontade de Deus e de acordo com o que Jesus me ensinou na oração do Pai Nosso:
- Seja feita a Tua vontade aqui na Terra como no Céu! É estar a pedir que o Reino de Deus venha, que o desejo pelo Reino de Deus aqui na Terra esteja acima de todos os nossos próprios desejos e vontades. É afirmar : Vem Senhor Jesus!
E gosto de orar conforme o versículo de 1 Timóteo 2:3:

"Assim é que deve ser e esta é a vontade de Deus, nosso Salvador. Ele quer que todos se salvem e que cheguem ao conhecimento da verdade."

Orando assim, sei que Deus irá responder, pois é de acordo com a Sua vontade. E a vontade, o desejo de Deus é que ninguém se perca, mas que todos se salvem.
Em Ezequiel 33:11 Deus afirma: 
"Diz-lhes que, tão certo como eu ser o Deus da vida, lhes garanto que não tenho prazer em ver um pecador morrer. O que eu gostaria era de o ver deixar de pecar e viver."

Até ao último instante, eu creio que todo o homem, mulher e criança, clamando a Deus por perdão e para o salvar, que Deus responde e atende.
Assim fez um dos ladrões na cruz, que pediu a Jesus para se lembrar dele quando chegasse ao seu Reino.
Deus estende sempre a sua mão a um coração arrependido, pois o Seu desejo é Salvar!

Por isso, quando oro em busca da vontade de Deus, oro pelos familiares, amigos e conhecidos desse modo. 
Sei que um dia essas orações terão resposta. Afinal, em Apocalipse, quando a taça das orações de todos os santos, de todas as eras, for derramada, o céu ficará em silêncio absoluto! 
E pergunto: o que será que Deus irá mostrar nessa ocasião?


Até para o ano, andorinhas!


Segunda feira passada, sentada na minha varanda, observava um bando de andorinhas, que voavam freneticamente de um lado para o outro.
Boa parte delas já partiram, fazendo aquilo que lhes é natural: migrarem para locais mais quentes.
Mas estas ainda ficaram para trás, talvez porque tiveram crias mais tarde e precisavam de lhes ensinar e preparar para a longa jornada que têm ainda à frente.
Enquanto olhava para elas, perguntava a mim mesma como é que elas sabem a hora de ir? E como passam essa informação às que nasceram, entretanto? E como sabem que chegaram ao seu destino?
São coisas como esta que me deixam sempre maravilhada com a criação, mas acima de tudo, com o Criador!
Deus dotou as suas criaturas com sentidos e capacidades que as leva a ser aquilo que Ele preparou para serem.
Tal como  o homem, cuja imagem e semelhança do Criador está impressa,  inventou máquinas e tecnologia, que funcionam de um modo fantástico, porque assim foram programadas para trabalhar.
E se ficamos maravilhados com tudo aquilo que o homem já conseguiu criar, inventar e descobrir, como não ficar deslumbrados com tudo o que o Criador fez, neste Universo imenso, para a Sua glória?

Ontem já não vi as andorinhas.
Devem ter partido, obedecendo aquilo para o qual foram criadas.
Desejei-lhes uma boa viagem e que chegassem em bem ao seu destino.
Deus também colocou dentro do coração do homem um desejo por eternidade.
Quantos de nós seguem esse apelo e vão ao encontro Daquele que nos pode dar vida eterna?

terça-feira, 23 de Setembro de 2014

Silêncio


Tenho estado ausente da escrita por aqui no blogue.

Por vezes, é preciso, pois no silêncio também se fala.
Mas melhor ainda, escuta-se.
Já o livro de Eclesiastes fala-nos que há um tempo certo para tudo e que há um tempo para calar e outro para falar.
Então, talvez seja tempo para partilhar o que escutei durante o meu silêncio e não só.
Tenho na verdade, paixão por escrever e por fotografar.
Nas palavras, procuro transmitir o que vai dentro de mim.
Nas fotografias, o que o meu olhar consegue captar para além do que se vê.
Ao retomar a escrita por aqui - sim, digo por aqui, porque continuo apaixonada por escrever em cadernos lindos - partilho um poema sobre o silêncio, escrito por Nivaldo Joaquim com uma foto do entardecer observado da minha janela.



Psiu!! Silêncio! 

Silenciar é muito importante e faz-nos crescer.
No silêncio surgem coisas que os nossos olhos não conseguem ver.
Escutar nos engrandece e aprendemos como melhor viver.



Psiu!! Silêncio!
Queres falar com Deus? Silencia. Ele se revela mansamente.
Escuta a sua alma, o seu coração. É ai que Ele fala com a gente.
No nosso íntimo, na nossa essência,  Ele enriquece a nossa mente.



Psiu!! Silêncio!
Quando amamos de verdade, o silêncio fala mais que um discurso.
O amor fala por nós. O nosso abraço e carinho das angustias muda o curso.
E no silêncio a gente acolhe, aconchega, acaricia quem está confuso.



Psiu!! Silêncio!
Silenciar é preciso. Escuta apenas o som do vento.
É Deus que fala e se revela neste momento.
Abre  o teu coração, deixa-te acolher por Ele. Psiu!! Silêncio!

terça-feira, 5 de Agosto de 2014

Estado civil: Feliz!



Quando começámos a falar em casamento, eu dizia-lhe:
- Casar nem pensar, só juntar.
Ao fim de mais um tempo, eu já dizia:-
- Casar sim, mas apenas pelo civil.
Então, após mais um tempo, eu disse:
- Casar sim, com a benção de Deus!
Ao fim de 7 anos de namoro, casei com o homem da minha vida!
Faz hoje 25 anos!
Com ele, acreditei que era possível uma vida em comum, até que a morte nos separe.
E continuo a acreditar!
Porque sei que ele é o homem que Deus preparou para mim, ainda que eu na altura não o soubesse.
Agradeço muito por ele ser o meu marido, o meu amigo, o meu amado!
Ele tem-me amado tal como prometeu que o faria e tem feito de mim uma mulher feliz, que sabe o quanto é amada!
Venham outros 25 anos iguais! 
___-__!  Do fundo do meu coração!

sexta-feira, 25 de Julho de 2014

Deus não nos decepciona

Enquanto lia o Salmo 22, o versículo 5 chamou-me a atenção.
Diz na versão de João Ferreira de Almeida:

"A ti clamaram e escaparam; em ti confiaram e não foram confundidos."

Outras versões traduziram para "não se decepcionaram", "não ficaram desiludidos".

Quem de nós, nunca ficou decepcionado, desiludido ou confundido com alguém? Talvez a maioria das vezes, com pessoas que nos estão mais próximas, que mais amamos e até, que nos amam também.
Achamos que falharam connosco, causando mágoas e feridas profundas no nosso coração e alma.
Pessoas podem ferir-nos profundamente!
Umas vezes, elas sabem que nos estão a ferir, mas outras vezes, não. Isto porque colocamos expectativas altas nelas e esperamos delas, algo que elas não nos darão.
Já sofri decepções também. Muitas. Algumas, deixaram marcas tão fundas, que levaram tempo a serem saradas.
A nossa tendência é deixar de confiar novamente e com isso, ganhar uma dureza no coração, que só nos faz mal. Acabamos por ser os mais prejudicados com os muros que erguemos.
Acabei por perceber que a o nível da minha felicidade, alegria ou até realização não pode depender de outras pessoas - deve depender, acima de tudo, de Deus!
Não há por que prolongar a dor e sofrimento que sentimos quando alguém faz ou deixa de fazer algo connosco, porque acima de tudo, afinal,é só entre nós e Deus e é do Senhor que virá a nossa recompensa.
É bom que fique gravado no nosso coração e mente, que o erro é nosso, quando esperamos demais de nós mesmos, de outras pessoas e até da própria vida - as nossas expectativas e toda a nossa confiança devem sempre se concentrar e focar a pessoa de Deus. Ele nunca nos causará desilusão!
Assim, tal como o salmista afirmou, que afirmemos também:  

"Clamamos a ti e fomos libertos; em ti confiamos e não ficamos decepcionados."

terça-feira, 22 de Julho de 2014

A parábola do gatinho

Foto do Riscas captada pela minha irmã

É bem clara a minha paixão por gatos! 
Ao ponto de nestas férias, a minha filha dizer-me que se só me pudesse definir em duas palavras, essas seriam:
Jesus e  gatos!
São várias as pessoas que pensam em mim quando vêem algo com gatos ou alusivas a Jesus.
E sinceramente, fico mesmo muito, muito feliz por me associarem a Jesus Cristo! Não poderia ficar mais radiante!
Até mesmo através dos gatos, escuto os ensinos de Deus.

Ontem tive uma alegria muito grande, quando após 15 dias desaparecido, o gatinho da família, o Riscas, apareceu!
Quando abri a porta do quintal e vejo o gatinho a correr na minha direcção, fui tomada de tamanha alegria, que chorei compulsivamente abraçada ele! 
Chorei de alegria por ele ter voltado e de alegria porque nunca tinha perdido a fé e a esperança de que, caso ele tivesse vivo, que Deus o traria de volta para casa.
O gatinho está feliz por ter voltado e a maneira que encontra para o demonstrar, é fazer ron-ron, dar-nos turrinhas meigas e só quer o nosso colo e afecto.
Ao mesmo tempo, está medroso e desconfiado, coisa que ele não era. Com certeza, foi uma aventura que lhe deixou algumas marcas.
Quando estou de férias com os meus gatos, também estou sempre a vigiá-los para que não saltem os muros e se afastem, pois não conhecem o local e podem com facilidade perderem-se, por não estarem familiarizados com o sítio.
Faço isso porque gosto deles e quero o bem deles, mas também não desejo privá-los da sua liberdade.
Mas a natureza deles é esta: serem curiosos e explorarem o desconhecido!

Com a alegria que experimentei com o regresso do gatinho ao lar, pensei na parábola que Jesus  nos contou, do filho perdido que regressou a casa, em Lucas 15.
A alegria do Pai foi tanta, que assim que ele viu o filho ao longe, correu logo na sua direcção e o abraçou e beijou de tanta alegria! Apesar de na Bíblia não o referir, acredito que as lágrimas de alegria também fizessem parte.
O filho reconheceu o quanto foi insensato por ter rejeitado o amor e a provisão do seu pai e partir à aventura, seguindo os desejos da sua própria vontade. 
Na casa do seu pai ele tinha de tudo e nada lhe faltava e ainda assim, foi rebelde e saiu de casa.
E o pai, por tanto o amar, não o impediu de seguir o seu caminho. 
Quando se ama, ainda que o alvo do nosso amor queira seguir outro rumo, o amor deixa ir.

Tal como o amor de Deus por nós.
Deus ama-nos tanto, que nos dá a liberdade de O rejeitar e seguir a nossa própria vontade. Sofrendo as consequências dessa escolha.
Nem Deus tem o poder de fazer alguém amá-Lo. Senão, não seria amor!
O desejo de Deus é que O amemos, ao ponto de que obedecer-lhe seja o maior alvo do nosso coração, pelo tanto amor que Ele nos tem. 
E tal como o filho perdido ou o gatinho, que foram alvo do amor e alegria por terem voltado ao lar, a alegria e o amor do Pai Celeste em nos receber e acolher estará sempre, sempre ao nosso dispor!
Nunca é tarde para regressar ao lar e ao abraço do Pai!
Como afirmou D.L. Moody: "Deus nunca despede ninguém vazio, a não ser aqueles cheios de si mesmos."


quarta-feira, 2 de Julho de 2014

Jesus é Emanuel ...



... Deus connosco!


"... e eis que eu estou convosco todos os dias, até a consumação dos séculos."
Mateus 28:20

sexta-feira, 27 de Junho de 2014

Voos altos

Foto captada por mim

Hoje resgatei uma andorinha das garras do meu felino!
Comecei a ouvir um piar muito aflito que vinha da varanda e pensei logo que seria uma andorinha.
E assim foi: ela piava e piava aflita, enquanto o gato tentava agarrá-la.
Consegui ir a tempo e apanhei-a.
Assim que sentiu que estava na minha mão, sossegou de imediato e parou de piar.
Fiz-lhe festas, sussurrei para ela se acalmar e ela deixou-se ficar, bem segura na minha mão.
Verifiquei se não estava ferida e depois de ver que estava mais calma, coloquei-a no parapeito da janela para voar de encontro aos seus progenitores, visto que ela ainda era jovem.
Abri a mão para ela sair, mas ela nem fez qualquer esboço para fugir da minha mão.
Queria continuar lá, na minha mão, segura.
Mas era hora dela voltar à vida, voar alto e quem sabe, aprender com aquela lição.

Muitas vezes sou como essa andorinha.
Sou apanhada por situações, circunstâncias, o inimigo ou pessoas que me podem prejudicar, fazer mal, sofrer, prender.
Aí clamo ao Pai do Céu, pedindo a Sua ajuda, o Seu livramento, a Sua protecção, a Sua direcção.
Então,  ao escutar-me e na hora certa, Ele estende a Sua mão, pega em mim, sussurra-me palavras de encorajamento, de disciplina, de amor, para me ajudar.
E o meu desejo é ficar assim, sempre na Sua mão poderosa, debaixo do Seu cuidado.
E fico, sei que sim!
Mas Ele também sabe que depois preciso de voltar a caminhar, pelos meus próprios pés, aprendendo a depender Dele e a confiar sempre na Sua ajuda.
Tal como libertei a andorinha para voltar a voar livremente, assim faz o meu Pai Celestial:  abre a mão, para que eu continue a voar, voos altos, pois foi para isso que Ele me libertou!

Procurem então, com firmeza, permanecer livres, beneficiando da liberdade com que Cristo nos libertou, e não se deixem prender de novo a cadeias de sujeição. 
Gálatas 5:1


sexta-feira, 20 de Junho de 2014

100%


Enquanto lia o Salmo 37, fui destacando as palavras "confiar em Deus", "colocar a tua confiança em Deus" presentes no salmo.
São cerca de uma dezena ou mais, dependendo das versões.
Confiar em Deus é o passo, o caminho que devemos seguir, para receber também Dele, as promessas relacionadas com a nossa confiança Nele.
No entanto, quantos de nós confiamos a 100% em Deus?
Creio que nenhum de nós, que se dizem seguidores de Jesus, poderão afirmar plenamente isto.
Mas é isto que Deus pede de nós! Que confiemos plenamente Nele, sempre!

Lia outro dia uma história de um homem que atravessava o Niagara, de um lado para o outro, em cima de uma corda bamba, um carrinho de mão, onde colocava um saco de 200 kilos e depois rolava sobre a corda e atravessava para o outro lado.
A multidão que assistia ficava impressionada e gritava entusiasmada. Então o homem perguntou se havia alguém na multidão que acreditava que ele conseguia levar um homem para o outro lado da margem. Um homem na primeira fila, que estava bastante animado, colocou-se logo à frente para ir. Mas quando chegou o momento, ele desistiu e saiu do carrinho de mão.

E é isto que sucede muitas vezes com os que dizem crer em Jesus. Muitos dizem que crêem. Muitos afirmam que são Seus seguidores. Mas quando chega a hora de entrar no carrinho de mão, muitos não entram, pois nunca se entregaram a 100% a Jesus como Senhor e Salvador das suas vidas. Na hora das aflições, das provações, quando chega a hora de escolher entre Deus ou os nossos desejos materiais, carnais, etc, saímos do carrinho de mão.
E Jesus deixou um alerta para quem não está disposto a segui-Lo plenamente, para quem não está disposto a tomar a Sua cruz e seguir os Seus passos. Ele disse em Lucas 9:62 :

"Todo aquele que pega na charrua e olha para trás, não serve para o reino de Deus."

Confiar em Deus plenamente é sempre o melhor Caminho, sempre o melhor passo a dar.

Chamando os discípulos e o povo para o ouvirem, falou-­lhes assim: 
Se algum de vocês quiser ser meu seguidor, deve esquecer-­se de si mesmo, tomar a sua cruz e seguir-­me. Se quiserem salvar a vossa vida, perdê-­la-­ão. Só quem abandona a sua vida por minha causa e por causa do evangelho descobrirá a vida verdadeira. Que aproveita a um homem ganhar o mundo inteiro se perder a alma? Haverá alguma coisa que valha mais do que ele próprio? Todo aquele que se envergonhar de mim e da minha mensagem nestes dias de incredulidade e pecado, eu, o Filho do Homem, me envergonharei dele quando voltar na glória de meu Pai, com os santos anjos.”
Marcos 8:31-36

quinta-feira, 19 de Junho de 2014

Tempo com Deus


Ninguém permanece a mesma pessoa, quando decide passar tempo com Deus a cada dia.
Aprendi que quando separo tempo para orar e escutar Deus através da Palavra, não é Deus quem muda, pois Ele é o mesmo, hoje, ontem e sempre -  quem muda sou eu!
Essa mudança é gradual e irá ocorrer ao longo de todo o tempo que viverei aqui na Terra.  Mas também sei, pela Palavra de Deus, que Ele não vai deixar a obra que iniciou em mim, incompleta, pois Ele mesmo a completará até ao dia de Cristo!
Ainda hoje pela manhã, ao acordar, um cântico brotava no meu coração:

"A alegria de Jesus é sempre o meu poder
 O amor de Jesus é sempre o meu poder
 A paz de Jesus é sempre o meu poder
 A alegria, o amor e a paz são o meu poder."

E isto é tão verdade!
Só quando experimentamos a presença diária de Deus nas nossas vidas, que podemos ter esta certeza !

C.S.Lewis escreveu:
"No momento em que tu acordas a cada manhã, os teus desejos e esperanças para o dia correm para ti como animais selvagens. E o primeiro trabalho de cada manhã consiste em empurrá-los todos de volta; em ouvir aquela outra voz, deixando aquela outra vida mais forte, maior e mais tranquila entrar fluindo em ti."

Faz toda a diferença passar tempo com Deus, ouvindo a Sua voz, deixando que Ele nos vá moldando, como barro nas mãos do oleiro.
Só assim encaras o dia com outra perspectiva, com outra esperança, alegria e paz.
E ao deitar, gosto sempre de me imaginar deitada na Sua mão, bem guardada e protegida, sabendo que "Não dormitará e nem dormirá aquele que guarda Israel" (Salmo 121:4) e que "... aos seus amados, Deus supre enquanto dormem." (Salmo 127:2)

Tens pedido a Deus para que mude o teu coração? Para que te tornes mais semelhante a Jesus?
Então, passa tempo com Ele! Deus responderá, com toda a certeza, a essa oração.

Como disse D.L.Moody: "Deus não despede ninguém vazio, a não ser aqueles cheios de si mesmos."

quarta-feira, 18 de Junho de 2014

O tempo entre-parentesis

Somos mordomos do tempo que temos. 
Deus deu a cada um de nós um "pedaço da eternidade" chamado tempo. 
Estes momentos preciosos são oportunidades distribuídas para nós, para o nosso benefício e para a glória de Deus. 
Se usarmos o tempo com sabedoria, Deus tece-os no tecido da eternidade. 
Jesus nos disse que onde estivesse o nosso coração, aí estaria o nosso tesouro e que deveríamos ajuntar tesouros no Céu e não na Terra, pois tudo na Terra desaparecerá, mas o que juntarmos no Céu, se projectará pela eternidade. 
Então, que tipo de tesouros estou eu a juntar? Que faço com o tempo que é o hoje, mas que é um pedaço de eternidade, entre parentesis, aqui na Terra?
A vida logo passará; apenas o que é feito para Cristo durará. Este deveria ser o sentimento de cada homem e mulher que deseja ser um bom administrador do seu tempo. 



"Não desperdicem tempo em trabalho inútil, que para nada serve. É caminhar na escuridão. Ao contrário, denunciem a baixeza dessas coisas. É uma vergonha passar a vida fazendo tudo escondido, com medo que alguém descubra. Deixem que toda essa escuridão repugnante enfrente a luz e descubram como serão atraentes à luz de Cristo. Acordem! Ressuscitem para a nova vida! E Cristo mostrará a luz para vocês!
Portanto, olhem por onde andam. Usem a cabeça. Aproveitem ao máximo cada oportunidade! Vivemos tempos difíceis."
Efésios 5:11-16 - Versão "A Mensagem" 

sexta-feira, 6 de Junho de 2014

Obra nova e perfeita


Deus não se contenta em nos consertar, corrigir ou simplesmente transformar.
Ele deseja algo muito melhor e além daquilo que pensamos!
O trabalho Dele é fazer tudo novo: novas todas as coisas!
A obra de Deus é tão mas tão perfeita!


"Dar-vos-ei um novo coração e um novo espírito; tirar-vos-ei os corações de pedra e vos darei corações embrandecidos de amor por Deus, de tal forma que obedecerão sem dificuldade às minhas leis e serão o meu povo, e eu serei o seu Deus." -  Ezequiel 11:19

"Não faz mal que venham a esquecer isso tudo, essas coisas da vossa história passada, pois que nada são em comparação com aquilo que irei realizar! Será algo inteiramente novo. Olhem, até já comecei! Não estão a ver?" -   Isaías 43:18-19

"Jesus retorquiu: “ Digo-te muito seriamente que, se alguém não nascer de novo, não poderá ver o reino de Deus.”  - João 3:3

"Se alguém está ligado a Cristo, é uma nova pessoa; as coisas antigas passaram; tudo nele se fez novo!" - 
2 Coríntios 5:17

"E o que estava sentado sobre o trono disse: “Estou a fazer tudo de novo!” E dirigindo-se a mim acrescentou: “Escreve o que te vou dizer, porque são palavras verdadeiras e dignas de toda a confiança”. -  Apocalipse 21:5


quinta-feira, 5 de Junho de 2014

Sensibilidade infantil


Este gato foi dado a uma criança de 5 anos. 
O gato nasceu sem um olho e as pessoas ficaram surpresas ao ver que o gato tinha um olho falso. 
Perguntaram ao menino porque é que ele decidiu colocar um olho falso no gato e o menino disse:
- "Eu coloquei um olho falso para que os outros gatos não zombem dele. "
Ritah


quarta-feira, 28 de Maio de 2014

E há 14 anos atrás ...



... dei o meu testemunho de fé em Jesus, através do baptismo, dizendo:

- Sim, creio na morte e ressurreição de Jesus Cristo e quero segui-Lo para sempre, como meu Salvador e meu Senhor. Mais ainda: meu Amigo!

A melhor decisão da minha vida!! 
Deus é fiel!


Não me envergonho do evangelho, pois ele é o poder de Deus para salvar todos os que crêem, primeiro os judeus e também os não-judeus. Nele se revela a justiça de Deus por meio da fé. Como está escrito: o justo viverá pela sua própria fé.
 Romanos1:16, 17 


Eu não sou o que eu devia ser.
Eu não sou o que eu quero ser
Eu não sou o que eu espero ser.
Contudo, eu não sou o que eu costumava ser.
E, pela graça de Deus, eu sou o que eu sou.

John Newton (1725-1807)

quinta-feira, 22 de Maio de 2014

Mudança interior


O mundo diz que tudo o que precisamos fazer é sermos decentes, respeitáveis e civilizados.
É verdade, isso é importante para se viver em sociedade e ser um bom cidadão,  mas para ser um cidadão do Reino de Deus, deve primeiro haver uma mudança interior.
Um comunista em Hyde Park, Londres, apontou para um mendigo e disse:
"O comunismo vai colocar um fato novo nesse homem."
Então, um cristão que estava próximo, disse:
"Sim, mas Cristo vai colocar um novo homem nesse fato!"

Meditação por Billy Graham

É que quando alguém está unido a Cristo,  torna-se uma pessoa nova.
 As coisas antigas passaram. Tudo é novo. 
2 Coríntios 5:17

quarta-feira, 21 de Maio de 2014

O pior cego é o que não quer ver


“Creio na evolução não porque haja evidência coerente, mas porque é a única alternativa à Criação.” 
D. Watson, professor de Evolução, Universidade de Londres 

 “A evolução não é provada e é improvável; acreditamos nela porque é a única alternativa à Criação, que é
impensável.” Arthur Keith, antropólogo

“Não quero crer em Deus. Assim, escolho crer no que sei ser cientificamente impossível: evolução.” George Wald, prêmio Nobel, Harvard

O que diz a Palavra sobre isto?

"Mas o furor divino é despertado pela falta de confiança do ser humano em Deus, pelos erros repetidos, pelas mentiras acumuladas e pela manipulação da verdade. Mas a verdade essencial sobre Deus é muito clara. 
Abram os olhos e poderão vê-la! Se analisarem com cuidado o que Deus criou, serão capazes de ver o que os olhos deles não enxergam: o poder eterno, por exemplo, e o mistério do ser divino.
Portanto, ninguém tem desculpa. Vejam o que aconteceu: a humanidade conhecia Deus perfeitamente, mas deixou de tratá-lo como Deus, recusando-se a adorá-lo, e foi reduzida a um tão terrível estado de insensatez e confusão que a vida humana perdeu o sentido. Eles fingem saber tudo, mas são ignorantes sobre a vida. Trocaram a glória de Deus, que sustenta o mundo, por imagens baratas vendidas na feira.
Então Deus se pronunciou: "SE é isso que querem, é o que terão." 
Não demorou muito para que fossem viver num chiqueiro, enlameados, sujos por dentro e por fora.
Tudo porque trocaram o Deus verdadeiro por um deus falso e passaram a adorar o deus que colocaram no lugar do Deus que os fez - o Deus a quem bendizemos e que nos abençoa. Loucura total!"

Romanos 1:18-25 - Tradução A Mensagem

“Deus não despede ninguém vazio, excepto aqueles que estão cheios de si mesmos.” 
Dwight Moody 

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails