Este blogue não adoPtou o novo acordo ortográfico.

quinta-feira, 7 de julho de 2005

Poder versus autoridade

Poder - É a faculdade de forçar ou coagir alguém a fazer a tua vontade, por causa da tua posição ou força, mesmo que a pessoa preferisse não o fazer.

Autoridade - A habilidade de levar as pessoas a fazerem de boa vontade o que tu queres por causa da tua influência pessoal. Alguém por quem atravessamos paredes.
"O Monge e o Executivo" - Uma história sobre a essência da liderança
James C.Hunter
Diferenças? Muita mesmo...
Deixo uma questão para reflexão:


Que tipo de influência exercemos, na nossa família, como conjugues ou pais; nos nossos relacionamentos, no nosso trabalho, etc.? Poder ou autoridade?

13 comentários:

kikas disse...

No meu dia a dia exerço os dois tipos dependendo das pessoas com quem estou, acho que o importante é saber doseá-los pois ninguém consegue "fugir" destes dois tipos de poder...
beijinhos
kikas

entre-aspas disse...

Poderá exercer-se autoridade sem poder?

Vilma disse...

Aspas: pode sim...claro que sim! O maior exemplo disso? Jesus Cristo! Ele não precisou de usar poder para ser o lider que é, mesmo ao longo de 2.000 anos! Certo?
E há mais exemplos disso... recomendo que leia este livro! Vale a pena!

Anónimo disse...

Na minha opinião, acho que não temos que ter nem poder e autoridade mas sim sermos nós próprios a esercer a nossa maturidade de nos ajudar uns aos outros e construir laços fortes de poder-mos ser felizes ao lado de uns e outros sem pensar no poder e autoridade pois são palavras fortes para se incluir numa familia!!... Claudia Avó

Vilma disse...

Claudinha: como uma familia pode amadurecer sem os pais terem autoridade sobre os filhotes? Já pensaste? Laços fortes de amor podem ser construídos com base na autoridade ... no poder é que não! E isto seja onde fôr! Uma beijoca pra ti! Gostei do teu comentário! ;))

Anónimo disse...

Olá, mana
Obrigado também mas eu também queria dizaer alguma cisa e disse o que veio-me á cabeça!Desculpa..
Para a próxima vou pensar melhor, prometo,tá?! Um GRANDE beijinho.
Esta foi a minha primeira opinião ou seja comentário.Cadinha

Vilma disse...

Cadinha: cada pessoa tem a sua própria opinião. Por isso é que é bom surgirem trocas de ideias e pensamentos. É assim que todos aprendemos!
E força ... comentaste muito bem! Qualquer dia fazes um blogue também! ;)))

mamy disse...

Eu tento exercer a autoridade, é fácil quando trabalhamos em conjunto para um mesmo fim, e com pessoas que nos respeitam, quando não resulta é memso ao poder, cai logo a mandona que há em mim, a que eu normalmente chamo a minha voz autoritária (não tinha a noção deste signifiacado que escreves), e dou logo um olhar matador ou um tom num "JÀ" e fica o caso arrumado.

Costinhas disse...

Nunca tinha posto as coisas desta forma... mas concordo completamente contigo.

Beijinhos
Sandra

Anna^ disse...

Lógico que tento usar sempre a autoridade mas n estaria a ser honesta se dissesse q não uso o poder...pq o uso...é certo q é em último recurso,tipo: se depois da 55ªvez de dizer algo e terem feito "ouvidos " de mercador,aí passa-me uma coisinha má pla cabeça e tunga...abro mão do meu poder e n dou alternativa.Não é o mais correcto mas às vezes é sem dúvida o mais eficaz :/

bjokas ":o)

Paulo Aguiar disse...

Olá
gostei do teu "canto" e gostava de te dar a conhcer o nosso....
....http://tehilah.blogspot.com/
bençãos
Di

Margarida Atheling disse...

Poder não é.
Alguma autoridade, talvez. Em alguns casos. Mas nem tinha pensado nisso!

Muitos beijinhos!

Xuinha Foguetão disse...

Olá Lindona!
Nunca tinha pensado nisso...
Talvez pq ainda estou na fase de sentir poder e autoridade e não tanto exercê-lo!
Ehehehehehe!
Mas se tiver de exercer que seja autoridade! Tenho muita habilidade para levar as pessoas...
Ehehehehehehe! :)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...