Este blogue não adoPtou o novo acordo ortográfico.

sexta-feira, 15 de junho de 2007

Saber aproveitar o caminho

Durante estes dias de passeios, por várias vezes a minha filha constantemente me perguntava quando é que chegávamos ao local de destino.

Quem tem crianças, sabe como elas são impacientes e de 5 em 5 minutos perguntam:
- Quando chegamos? Quando chegamos??
Eu por vezes respondia que ainda faltava muito; outras, dizia-lhe:
- Filha, ainda falta um pouco. Mas até chegar, aproveita a viagem e aprecia as coisas lindas do passeio!


De certa forma, aquilo foi como que uma resposta ou um alerta para mim também.Na minha vida como cristã, o meu olhar, o meu foco está na chegada.

Não posso negar que pela fé, sei que Deus tem preparado algo maravilhoso, algo tremendo para a chegada dos seus muitos filhos pródigos a casa!

Coisas que não nos passam pela mente humana!
Mas Deus deseja que disfrutemos e apreciemos bem a vida que temos aqui na Terra.

Jesus veio para nos dar vida em abundância.
Ela refere-se não apenas à quantidade, mas à qualidade dessa vida.

E o desejo de Deus para mim e todos nós, é que, sem dúvida, mantenhamos os nosso olhos na chegada, mas que apreciemos e disfrutemos o que temos pelo caminho.

Que vivamos vidas plenas e cheias!

Não importa o que temos, mas sim, Quem temos na nossa vida.

Umas vezes atravessaremos desertos; outras, paisagens verdejantes.

Mas cada uma delas vai trazer-nos lições.

Nem sempre receberemos como damos, ou nem daremos como recebemos.

Mas importa que deixemos uma marca: Vida! Amor! Fé!

Creio com certeza, que isso agrada ao coração do Pai Celeste.

Que não vivamos vidas cheias de religião ou rituais vazios e secos, mas que vivamos a vida plenamente, deixando palavras temperadas com sal, momentos marcantes na vida de outras pessoas e luz onde existir trevas!

Assim, quando eu estiver a focar em demasia a chegada, saberei escutar as palavras de meu Pai:

- Filha, falta um pouco ainda. Mas até lá, vive a vida que eu te dei para viveres! E disfruta o caminho!

4 comentários:

alealb disse...

Vilma,
muito bom...
voltou inspirada das férias, querida!
verdadeiro e tocante o teu post.
mil beijos,
com amor,
alê

Lou Mello disse...

É, estamos em um mundo de oportunidades diversas. Creio que perder algumas boas é triste e, por outro lado, há os que não as tem. Mas seu texto é uma reflexão verdadeira e muito oportuna. Valeu!

Vilma disse...

É verdade Lou!
Mas quando se tem Deus na vida, mesmo as paisagens mais áridas têm beleza! :)

Adriana disse...

Gostei imenso deste post.
Beijinhos

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...