Este blogue não adoPtou o novo acordo ortográfico.

quarta-feira, 7 de outubro de 2009

Confiança absoluta


Hoje pela manhã, meditava no Salmo 31.
E aquilo que falou ao meu coração, foi, como sempre, a absoluta confiança de David em Deus.
Não me surpreende que, apesar de todas as falhas humanas de David, de todos os seus pecados, ele fosse chamado por Deus de alguém segundo o Seu coração.
Ao ler o Salmo, vejo que David não procura entender Deus e os Seus misteriosos desígnios; ou tão pouco procurar explicar Deus.
David apenas reafirma a sua absoluta confiança em Deus.
No Deus que o livrou várias vezes nas suas lutas; quando os seus amigos o abandonaram; quando nada mais tinha, senão fugir para uma caverna e ali refugiar-se.
Seja que circunstância David atravessasse, ele sabia que em Deus poderia sempre confiar.
E este Salmo, assim como em outros que David escreveu, são grandes lições para mim.
É fácil afirmar que confio em Deus quando as coisas estão bem.
Quando há saúde ou financeiramente tudo está bem; quando os amigos estão do nosso lado e tudo desliza na vida.
No entanto, a verdadeira e absoluta confiança em Deus, naquele que é maior que tudo e que todos, que está acima de qualquer problema ou circunstância, vê-se quando algo desaba na nossa vida ou não corre como o previsto.
Essa sim, é a altura e o momento de reafirmar, que a minha confiança absoluta, está em Deus e em mais nada ou ninguém.
Quando me recordo, muitas vezes em oração de ter pedido a Deus para que eu fosse alguém segundo o Seu coração, não esperaria ter que passar ou atravessar certas provações.
Mas percebo que é na dôr, no sofrimento, nas provações que a nossa fé é testada.
Tiago já o afirmou:

Que eu possa em cada dia, reafirmar com absoluta e total fé, que somente em Deus eu confio!
Sempre!

3 comentários:

HSLO disse...

Linda reflexão..eu gosto muito desse salmo.


abraços


Hugo

Marlene Maravilha disse...

Oi querida!!!!!!!!!
Ainda bem que podemos aprender todos os dias nao é verdade??
Hoje é um dia para se achegar mais e mais a Deus e participar da sua fidelidade em nos agraciar!!!
Lindo e edificante texto, como sempre!
beijos

Aprendendo sempre disse...

Querida Vilma,amei o que escreveste.
Vilma,até quando pedir um "Sim" de Deus daquilo que pensava ser bom
para mim.Ele provou que se Ele tivesse me dando o sim para aquele
momento eu não estaria hoje agradecendo ao seu grande "amor" por
mim me dando "não".Deus sempre está certo.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...