Este blogue não adoPtou o novo acordo ortográfico.

terça-feira, 26 de junho de 2007

Pequenas grande coisas

Diante de Deus, da sua grandeza e poder, sinto-me sempre pequenina.
Uma coisa no entanto, nunca senti: ser insignificante para Ele!
Porquê?
Porque olho para as grande coisas e posso conhecer Deus na sua infinitude e grandeza.
Mas quando olho para as coisa pequenas, é que eu percebo como Deus é mesmo muito grande!
Os pequenos detalhes do dia a dia; da criação ... tanta coisa pequena que me mostra o quanto Deus se preocupa e como para ele nós somos significantes!
No entanto, onde eu percebo mesmo o quanto sou importante para Ele, é em Jesus.
Ele é a demonstração máxima do amor de Deus por todos.
Por isso, apesar de me sentir pequenininha diante Dele, nunca me sentirei insignificante.
Nem poderia.

4 comentários:

Miguel disse...

E é exactemente n'Ele que ganhamos significado.
E é extraordinário saber que os que não acreditam, que o renegam tem o mesmo significado. Porque um pai ama todos os filhos

Lou Mello disse...

Às vezes desejo a realização de grandes milagres, muito mais para me certificar da presença de Deus do que pelos problemas em si. Sabendo disso, Ele se apresenta de forma simples, às vezes sutil, como aquela vez com Elias, quando estava no silêncio e o silêncio foi maior do que todos os outros sons e ruídos. Deus é Deus em todas as situações. Muito bem Vilma. Já encontrou o autor dos Lusiadas?

Margarida Atheling disse...

É isso mesmo. Pequenina mas não insignificante.
Para Ele todos somos importantes. E basta a importância que Ele nos dá, para tudo na nossa vida ter sentido.

Vilma disse...

Lou: Sabes que nem pesquisando na net encontro??
Não faço mesmo ideia!:D

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...