Este blogue não adoPtou o novo acordo ortográfico.

segunda-feira, 5 de dezembro de 2005

Matar com palavras!

Se um cristão não pensaria em atropelar alguém intencionalmente com o seu carro para a matar, porque "mata" com as suas palavras? Como pode ferir tanto? Porque o faz? Não é a mesma coisa?
Como faz mal ao coração! Como atinge tanto! Como me entristece tanto!

Faço minhas as palavras de George Swinnock:

"O desejo de desgraçar os outros jamais teve origem na graça!"

3 comentários:

Anónimo disse...

As palavras são duras armas! E podem (ou melhor, devem) ser utilizadas no bem e não no mal... Não posso dizer que nunca o tenha feito, já que a minha força física é mais fraca que a psicológica, desenvolvi esta última o máximo que pude. Mas, depois verifico sempre que utilizar as palavras para magoar alguém, faz tanto mal aos outros como a mim própria...
Minha querida, ninguém merece ser magoado, seja de que forma for e não foi isso que Ele nos ensinou! Não te preocupes, aos poucos e poucos o Homem há-de ir entendendo isso!
E tu, és uma pessoa maravilhosa! Tudo o que fazes de bem aos outros, ser-te-á devolvido em dobro!
Um beijo enorme!
Lírios

Paula disse...

POis é, minha amiga, as palavras mal ditas doem muito... E nós, irmãos de Jesus, temos muito a aprender com Ele.

jaime fernandes disse...

O nosso consolo nestes momentos é que temos um Deus cujas palavras são doces como o mel, mais ternas que as mãos de uma mãe e com um efeito curativo mais eficaz do que um beijo de uma mãe no arranhão do dedo de uma criança. Usando as palavras do post de hoje do nosso irmão e amigo Jo (http://cantodojo.blogspot.com/), “quando as coisas na vida são mais carregadas e difíceis, Deus intensifica e reafirma com mais vigor as suas promessas e vitórias.”

Vilma, mesmo que não queiramos, muitas vezes magoamos (atropelamos) outras pessoas com as nossas palavras. Esquecemo-nos que a nossa boca deve ser usada para abençoar os outros e não ao contrário. Quanto somos atingidos pelo “impacto violento das palavras”, muitas vezes ficamos feridos, mas mesmo assim devemos abrir o nosso coração para ouvir e perdoar os “condutores mais agressivos”. É assim que Deus procede connosco.

Continua tu a abençoar os outros com as tuas palavras, porque isso tu sabes fazer muito bem.

Uma óptima semana para ti

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...