Este blogue não adoPtou o novo acordo ortográfico.

quinta-feira, 25 de fevereiro de 2016

Eu e a minha casa serviremos ao Senhor!


Há algum tempo que não escrevo aqui no blogue.
Não por ter deixado de gostar de escrever, mas porque foi um tempo de me aquietar.
Tenho escrito nos meus cadernos, porque não posso mesmo deixar de o fazer, pois existe sempre algo que gosto de registar, como pensamentos, orações, a Palavra de Deus, etc.
Mas este foi um tempo de introspecção, porque creio que Deus me estava a preparar para algo.
E assim foi.
Logo no início deste ano, o meu marido recebeu por parte da empresa, uma proposta para chegar a um acordo para rescindir o contrato de trabalho.
Depois de 27 anos ao serviço!
Foi algo inesperado e que nos fez virar do avesso.
No dia em que recebi o SMS do meu marido apenas com a palavra "Despedido!", senti um calor invadir-me de baixo para cima e logo de seguida, um gelo em todo o corpo!
Naquela mesma hora, disse a Deus: "Esta é a hora! Ajuda-me a saber enfrentar este tempo e a estar do lado do Artur."
Porque de alguma maneira, eu sabia que estaria por chegar algo assim na nossa vida.

Desde que entreguei a minha vida a Jesus e decidi segui-Lo como meu Salvador e Senhor, que um dos meus desejos e orações,  é que Deus tocasse no coração do meu marido e fizesse dele um homem que O amasse e seguisse também.
Sempre fui grata a Deus pelo marido que me deu. Ele tem-me amado e cuidado de mim como raras mulheres o são. É um excelente pai, um homem trabalhador, íntegro. Tem um temperamento por vezes exaltado, mas do mesmo modo que lhe dá a exaltação, também da mesma maneira lhe passa, sem guardar mágoas, rancores. É um homem maravilhoso.
Mas não cria em Deus, como O Criador e nem em Jesus, como o Seu Filho, tão pouco  que Deus é pessoal, revelado em Jesus e que Deus o ama também.
Muitas vezes nas minhas orações, eu pedia a Deus para o mudar, para o transformar num homem de fé.
Mas certa vez, a voz de Deus foi muito clara em mim. Que primeiro Deus teria de mudar o meu coração, de me transformar a mim, antes de fazer esse trabalho no Artur. A mim, só me competiria amar o meu marido, tal como ele é. O trabalho de mudança pertencia a Deus, na hora Dele.
E assim foi.
Comecei a deixar que Deus me fosse moldando, limando as arestas que precisavam de ser alisadas, ajudando-me a crescer na fé, amadurecendo e passar a ser a esposa que  a Palavra ensina a ser:

 "Assim também você, esposa, deve obedecer ao seu marido a fim de que, se ele não crê na mensagem de Deus, seja levado a crer pelo modo de você agir. Não será preciso dizer nada  porque ele verá como a conduta de você é honesta e respeitosa.  Não procure ficar bonita usando enfeites, penteados exagerados, jóias ou vestidos caros. Pelo contrário, a beleza de você deve estar no coração, pois ela não se perde; ela é a beleza de um espírito calmo e delicado, que tem muito valor para Deus." - 1 Pedro 3: 1-5

Tem sido um longo processo, com muitas lutas pelo meio, mas aos poucos comecei a mudar e também a observar mudanças nele.
Até chegar esta provação na nossa vida!
Por isso eu disse a Deus: Chegou o dia! 
Porque sei que muitas vezes Deus precisa de remover certas coisas da nossa vida, para nos mostrar e ensinar a confiar Nele. Coisas que muitas vezes impedem os nossos olhos de O verem, tais como a nossa auto-suficiência, o nosso autocontrole da vida, o nosso ego, o materialismo.
Por isso que Jesus nos diz que para O seguirmos e termos vida eterna, precisamos de morrer: morrer a cada dia para o nosso ego, o nosso egoísmo, o nosso eu!

Eu não sabia como o Artur iria reagir à notícia e a toda esta situação. Eu temia muito pela reacção dele, pois o natural nele, seria entrar num estado de desespero, de abatimento, talvez de revolta também, resultando em mágoa, que não seria nada bom.
Mas Deus agiu no coração dele, respondendo a anos e anos de orações que dia após dia Lhe colocava na Sua presença.
Deus quebrantou o seu espírito e começou a regenerar o coração do meu marido!
E ao invés de revolta, de abatimento, vejo o meu marido a ficar pacificado com Deus e com ele mesmo. Vejo no olhar dele, o olhar de alguém que está prestes a nascer de novo!
Vejo um novo homem, renascido pelo poder de Deus!
Um homem que me disse com a sua boca: "Eu só posso crer que Jesus é quem diz ser, o Filho de Deus. Depois de tudo aquilo que me aconteceu e ver como Ele me tem mudado e ajudado, mesmo não tendo crido Nele, agora só posso afirmar que Ele é Deus!"

E tenho abraçado esta provação com alegria! Porque ver que tudo isto produziu algo tão bom no meu marido, só posso elevar as minhas mãos para os Céus e louvar o Senhor!
Não sabemos o que o futuro nos espera, mas uma coisa sei: que ao confiar em Deus e colocar Nele toda a nossa esperança, tudo irá bem! Seja o que for! 
Pois sei que tudo aquilo que Ele faz, todos os Seus caminhos e todos os Seus pensamentos, são para o bem, são de esperança, são de paz! São para termos vida e vida em abundância!
Porque nós não colocamos a nossa esperança apenas nesta vida, mas na eternidade!
E tudo aquilo que escolhermos aqui na Terra, se projectará pela eternidade!

Em Dezembro de 2000, participámos num Encontro de Casais com Cristo.
O meu marido foi comigo, por saber que era algo que eu gostava muito, apesar dele não ter a fé que eu tinha.
E nesse encontro o tema era "Eu e a minha serviremos ao Senhor"!
Dezasseis anos depois, posso afirmar com profunda alegria: 
"Eu e a minha casa servimos ao Senhor!"


Deus é Fiel! Deus é sempre bom!
A Ele toda a honra, toda a glória, todo o louvor e vitória!


4 comentários:

Ana Rute Cavaco disse...

O dia chegou!

Trusti Rebelo disse...

Esperar em Deus nem sempre é fácil...mas quando o dia chega, valeu a espera!

Vilma Correia disse...

Verdade! :D

Maria disse...

Uau! Tão bom!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...