Este blogue não adoPtou o novo acordo ortográfico.

terça-feira, 26 de outubro de 2010

Estender a mão

Todos os dias são dias em que podes estender a tua mão a alguém.
Na ponta dos teus dedos, está uma palavra de conforto ou consolo para quem sofre.
Está um abraço para quem se sinta sozinho.
Um copo de água para quem tenha sede ou um sopa para quem sinta fome.
Uma palavra de Esperança, uma palavra de Confiança, uma palavra de Ânimo.
Um gesto de acolhimento.
São apenas a ponta de dez dedos ... cinco se estenderes um braço só.
Mas esses dedos nessa mão, feita palavra ou gesto, podem estar contida a mudança para alguém, feita na hora certa.
O nosso próximo está só à distância de uma mão estendida.
A melhor maneira de te ajudares a ti mesmo, é estender a tua mão a alguém!

Uma pessoa é única ao estender a mão, e ao recolhe-la inesperadamente torna-se mais uma.
O egoísmo unifica os insignificantes.
William Shakespeare

4 comentários:

Manuel Pintor disse...

Na tua mão estás em tudo toda tu
No teu dedilhar tua sensibilidade
Sinto teus dedos na minha mão estendida
Pura seda a paz que me dás

Vilma disse...

Manuel:
O teu coração de poeta nem num comentário, te deixa! :))

Gostei muito deste comentário em forma de poesia!

Obrigada pelo carinho. :))

"Há palavras que se fazem gestos; há gestos que se dão em palavras." by @manuel_pintor

Rita Schultz disse...

Querida, Vilma,
o acolhimento é uma das necessidades humanas mais sublimes de nossa vida. Para quem vem e para quem recebe.
Meu carinho grande pra você.

Vilma disse...

Rita: Creio que se estendessemos mais as nossas mãos, ao invés de as recolher, muita coisa maravilhosa se veria neste mundo!
Um beijinho e obrigada pela visita e palavras!
DTA

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...