Este blogue não adoPtou o novo acordo ortográfico.

sexta-feira, 2 de outubro de 2009

Lições de vida

Neste Verão, voltei a ter crias de passarinhos em casa.
Tem sido muito bom voltar a acompanhar o processo, coisa que já não fazia há uns 10 anos.
E agora com a filhota, tem sido bem mais interessante, pois aproveito para a despertar e sensibilizar para a ternura e cuidado que os pais têm com as suas crias.

É extraordinário ver como os pais se dividem, para cuidarem dos bebés.
Enquanto um os aquece, o outro vai buscar comer e vice-versa.
Inclusive, um dia quis espreitar com o "dedo" e acabei por levar uma bicadela! Bem feita!

Passadas 3 semanas, começaram a sair do ninho e agitavam as cabeças e abriam muito os bicos, para pedirem comer aos pais, fazendo-o de forma muito exigente.
Os progenitores atendiam aos seus apetites, colocando-lhes o comer no bico.

Agora, que já sabem voar, quando começam a exigir comer, os pais simplesmente lhes negam!
Chegam mesmo a pica-los para que se alimentem sozinhos.
Pode parecer algo cruel, mas para que eles aprendam por si, é necessário que os pais os "enxutem".
A natureza funciona assim!

E enquanto acompanho as lições que estas criaturinhas me passam, percebo que de certa forma, o nosso Pai Celestial também precisa de nos tratar assim.
Recordo-me como, após o meu novo nascimento, no calor da minha imaturidade espiritual, percebia Deus ali mesmo ao meu lado.
Em orações que eram atendidas quase de imediato, na provisão generosa e abundante, no livramento de muitas situações.
A Sua mão estava permanentemente ali, do meu lado.
Uma "exigência" minha e Deus, na Sua paciência e cuidado, atendia.
E eu vivia como estando sempre no cimo da montanha.
Em autêntico êxtase espiritual.
À medida que ia amadurecendo, as coisas deixaram de ser tão facilitadas.
Comecei a aprender a descer a montanha.
Percebi que Deus, por muito me amar, não poderia permitir que eu vivesse assim sempre.
Eu precisava de amadurecer a minha fé, ser provada, saber perseverar, para que então, Ele me aperfeiçoasse, até completar a obra em mim.
Penso que, se na verdade Deus não agisse assim comigo e com todos os Seus filhos, nos tornaríamos imaturos espiritualmente, arrogantes e mesmo, egoístas.
Sabe bem estar no cimo da montanha, sem dúvida.
O desejo de fazer ali tendas para viver esses momentos com Deus, é algo de bom.
Mas é quando descemos o monte e aprendemos a viver pela fé, que o melhor de nós pode ser extraído.

Ele continua do meu lado, como sempre.
Sei disso. Estou a amadurecer e a aprender a depender Dele em tudo, mesmo quando não parece que Ele está comigo.
Preciso de deixar o leite espiritual, para buscar alimento mais forte e saudável.
Deus ajudou-me a subir a montanha e a permanecer por lá.
E agora, continua a ajudar-me a descer e a permanecer no vale.
Seja num vale ou numa montanha, Deus é.

6 comentários:

José Carlos disse...

Parabéns pelo magnífico texto. Assino sem qualquer dúvida.
DTA

neli araujo disse...

Vilminha querida,

A descida na verdade, é sempre mais dura e mais difícil do que a subida.

Mas é nos vales da vida que conseguimos "ver" melhor o nosso Deus.

Bom fim de semana,

neli

Anna^ disse...

Fico fascinada e comovida quando escreves assim:com alma e coração!
beijoca

Ucha disse...

ameeei teu blog, já sou seguidora. que deus te abençoe!

sandra Freitas disse...

Mais uma lição do nosso Amado. Sempre temos que aprender com o Grande Pai, vejo que filhos que recebem tudo dos pais, não valorizam a vida, as pessoas, a luta. Agora começo a entender algumas coisas. Que bom que o Senhor parou de nos dar tudo de "mãos beijadas" sinal que estamos crescendo, descendo e subindo...rumo a maturidade e mais intimidade com Ele..
Tenha uma semana maravilhosa!!!

Aprendendo sempre disse...

Querida Vilma,há muito tempo que venho cá.Me sinto tão bem depois que venho aqui que estou vindo todos os dias...E olha que nunca te postei nada para te agradecer o tão grande bem que me fazes.Já ri,já chorei lendo teus postes e vejo que tudo isto que tens é dom de Deus.Deus se revelando dentro deste coração tão cheio dele.Obrigada por tudo...Você é vida em "abundância"

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...