Este blogue não adoPtou o novo acordo ortográfico.

terça-feira, 16 de junho de 2009

Tudo tem o seu tempo

Existe um tempo próprio para tudo, e há uma época para cada coisa debaixo do céu:

Um tempo para nascer e um tempo para morrer;
um tempo para plantar e um tempo para colher o que se semeou.
Um tempo para matar, um tempo para curar as feridas;
um tempo para destruir e outro para reconstruir.
Um tempo para chorar e um tempo para rir;
um tempo para se lamentar e outro para dançar de alegria.
Um tempo para espalhar pedras, um tempo para as juntar;
um tempo para abraçar, um tempo para afastar quem se chega a nós.
Um tempo para andar à procura e outro para perder;
um tempo para armazenar e um para distribuir.
Um tempo para rasgar e outro para coser;
um tempo para estar calado e outro tempo para falar.
Um tempo para amar, um tempo para odiar;
um tempo para a guerra, e um tempo para a paz.


5 comentários:

bete disse...

Vilminha:>

bom de-mais!

Que beleza, a Palavra!

Fique com o Pai, tenha uma ótima tarde.

RETIRO do ÉDEN disse...

Vilma,

Aguardo serenamente e confiante o "Tempo" em que nossas vidas reencontrem a Paz e Saúde...no Senhor nosso Pai.

Mas há dias... e dias...

O Deserto é demasiado quente e as Tempestades de areia por vezes são mais que muitas...AH! e Água...a água pura das fontes...há que procurar... mas tudo a "Seu Tempo".

Beijinhos
Mer

MamaNunes disse...

Oh maninha, acabo de escrever um trecho dessa Palavra no blog da Nayara... o Senhor é vivo!!
Um abraço
_0/

Alecrim disse...

Estás em tempo de silêncio, é?
Um beijo.

Sónia disse...

Concordo, há um tempo certo para cada coisa.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...