Este blogue não adoPtou o novo acordo ortográfico.

sexta-feira, 26 de junho de 2009

Michael Jackson

Ele foi um dos meus cantores favoritos na minha adolescência.
Os anos 80 foram marcados pelas suas canções e pelo seu estilo único.
Michael Jackson marcou várias gerações.
Mas a morte chegou e levou-o, antes que todos os seus planos se realizassem.
Hoje enquanto escutava vários fãs a falar, uma afirmou:
- Não era suposto ele morrer!
De certa forma, é verdade.
Não era suposto a morte em toda a criação.
Não fomos criados para a morte.
Ela é nossa inimiga!
Deus colocou a eternidade em nosso corações, porque foi para a eternidade que fomos criados.
Mas a morte chega a todos, porque ela atingiu toda a criação, como consequência de um acto de rebeldia, de desobediência.
E ela atinge tudo e todos.
Famosos ou incógnitos, reis, cantores, ricos ou pobres, homens, mulheres ou crianças, seja qual a sua condição.
Ninguém lhe escapa.
Custa-me sempre a morte, seja de quem for.
Eu não a aceito, porque ela é minha inimiga.
Por isso que encontrei em Jesus a porta que me leva à eternidade para a qual desde sempre foi o desejo do coração de Deus.
E espero que Michael também tenha entrado por essa porta e encontrado finalmente, o Amigo que ele sempre amou.
Bye, my friend!

Porque o salário que o pecado paga é a morte, mas de Deus recebemos a dádiva gratuita da vida eterna, por meio de Jesus Cristo nosso Senhor.
Romanos 6:23

3 comentários:

rubenita disse...

interessante que essa música "ben" já embalou muitos momentos românticos de casais pelo mundo afora, mas são poucos que sabem que "ben" é um rato!!! rsrsrsrsrs!!!

bjo, amiga!

ruby

Jacira mavignier disse...

Oi, Vilma!

Que ele tenha encontrado!

AMÉM!

Beijos

bete disse...

Comovente homenagem, belíssima música.

Abraços, Vilma.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...