Este blogue não adoPtou o novo acordo ortográfico.

quarta-feira, 24 de junho de 2009

Ciclos

Depois de dois meses e meio a acompanhar todo o processo dos bichos da seda, chega ao fim este ciclo.
Literalmente, estes seres nascem duas vezes e assistir à sua metamorfose, é na verdade, fantástico.
Muitas lições se podem tirar daqui.
Partilhei algumas aqui e agora ao ver as lagartinhas com asas e seguindo uma etapa diferente, novamente sou levada a pensar em tudo o que aprendi.
A vida é feita de renovações e por vezes, é necessário morrer, para um novo nascimento, de forma a permitir que tudo possa ser diferente.
Passar de lagarta a borboleta é um processo doloroso ... pude perceber!
Mas vale a pena passar por tamanha metamorfose.
Afinal, eu mesma estou a passar por uma também.
E um dia também voarei!
:D


4 comentários:

Hemy Rosa disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Hemy Rosa disse...

Que lindo, Vilma!
Abraços.

Jacira mavignier disse...

Oi,Vilma!

Pude acompanhar seus textos, falando do processo dos bichos da seda.
Foram sempre, pelo menos para mim,
muito interessantes.
Fiquei surpresa ao ver a lagartinha com asas, frágeis ainda, mas já é chegado o momento. Momento de mudança, de renascimento, assim como tem a vida...
Que Deus lhe cuide neste seu momento de mudança!!


Beijos

Viviana disse...

Querida Vilma

Que interessante!

Venho dizer-lhe que tem um presentinho lá no meu cantinho.

Um bijo

viviana

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...