Este blogue não adoPtou o novo acordo ortográfico.

sexta-feira, 15 de maio de 2009

Não há fumo sem fogo

Às vezes o silêncio é necessário.
Mesmo que incomode ou decepcione.

Que desperte saudade da voz que se calou.

Muitos me perguntam por que eu não escrevo mais.

Indagam o motivo da minha ausência.

Eu tentei explicar.
Mas a razão é chata e rasa.

“Talvez eu volte, um dia eu volto, quem sabe”.


Fonte: Le Bal Masqué

6 comentários:

E o pensamento voa... disse...

Vilmita querida,

Todos temos os nossos silêncios.
Respeito o teu, mas peço que voltes algum dia, linda!

carinhoso beijo,

Neli

bete disse...

Um beijo, Vilminha.

Vilma disse...

Neli e Bete: Calma!!
Nada de kisses and goodbyes!

Escrevi este post, porque li e gostei (está nos meus tags) e também porque me identifico com as palavras dele.
Sinto aquilo muitas vezes em mim.

Mas quando algum dia eu sair de vez daqui, eu farei com as minhas próprias palavras .. ou até nem diga nada!

Por enquanto, ainda têm de ter paciência para me ler! :))

Beijocas a vocÊs!

Rubinho Osório disse...

"Saudades da voz que se calou".
Taí um bela função do silêncio que eu não havia ainda pensado!!!

RETIRO do ÉDEN disse...

Querida Vilma,
Ao ler o teu blogue ocasionalmente, fiquei tua fã porque me identifiquei com os teus escritos e algumas das tuas preferências...
Por respeito ao mês que estás a viver...
Não há Palavras ... para quê?
Mas, Um Forte Abraço Muito Apertadinho...te envio...

Como te compreendo...
Mer

Jacira mavignier disse...

Vilma,

Quase todos os versos desse
pequeno texto, me fazem lembrar
de alguém,muito querido de todos
que fez sua voz se calar!


Beijos

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...