Este blogue não adoPtou o novo acordo ortográfico.

quarta-feira, 25 de fevereiro de 2009

Do Baú I

O Carnaval já passou.

As máscaras e fantasias foram guardadas para serem usadas para o próximo ano.
Mas, e as outras máscaras? Aquelas que continuamos a usar ao longo de todo o ano?
As que colocamos para esconder mágoas, sentimentos, dores ... e muitas outras coisas dentro de nós.
Quem não usa alguma máscara?

Quantas vezes eu própria penso que sou uma pessoa que na realidade, não sou, ainda que para mim mesma, eu pense que eu sou essa pessoa.
No entanto, é impossível ter máscaras diante de Deus.
Ainda que eu consiga disfarçar ou esconder o que vai dentro de mim para os outros, diante de Deus isso não é possível.

Deus conhece-nos no mais profundo do nosso ser. Ele sabe e conhece quem cada um de nós é. E somente quando a nossa máscara cai diante dele, é que é possível relacionarmo-nos com Ele. Por inteiro! Livremente!

Li algo que me tocou profundamente sobre isso:
  • A primeira coisa que Deus faz quando o buscamos, é nos desmascarar, mostrar para nós quem realmente somos, de maneira que podemos vir a ser o que devemos ser. - Vivendo com propósitos de Ed René Kivitz
É um processo doloroso, mas libertador!
Ao ter noção de que Deus deseja relacionar-se comigo, tal como eu sou, sem máscaras e que assim, Ele vai-me moldando, tal como o oleiro molda o barro, eu permito que ele traga ao de cimo o melhor de mim, até reflectir a imagem de Seu filho.
Dói, mas não há outro processo. E quanto mais noção temos disso dentro de nós, mais Deus pode fazer a sua obra.
Por isso, nada de mascaradas diante de Deus. E tão pouco querer fugir da Sua presença.
Ele mesmo completará a obra que iniciou em cada um de nós! E fiel é a Sua promessa!
Afinal, "... para quem iremos, Senhor, se só tu tens as palavras da vida eterna". João 6:68

"Para onde me ausentarei do teu Espírito? Para onde fugirei da tua face?" Salmo 139:7

Publicado no dia 10 de Março de 2006


8 comentários:

Anónimo disse...

É incrivel como a Palavra se renova de dia em dia não é?

God bless you,
T.

carmen disse...

Realmente, as máscaras acabam por nos atrapalhar...
O melhor é sermos nós mesmos, mas muitas vezes nem nós mesmos sabemos quem somos.

É uma jornada árdua, mas gratificante.

bjs

Marlene Maravilha disse...

Que maravilha quando chegamos neste processo de tirar as máscaras para que o Pai se manifeste em nós!!
Tremendo post minha irma!
beijos

neli araujo disse...

Vilminha querida,

Como diz o Salmista:

"Para onde me ausentarei do teu Espírito? Para onde fugirei da tua face?"

Salmos 139:7

Podemos usar as máscaras que quisermos, só estaremos enganando a nós mesmos!

Muito boa reflexão, linda!

beijinhos,

Neli

Rodrigo disse...

Olá irmã Vilma!!

Que bom saber que vc tb aprecia os livros do Ed René Kivitz. Tive algumas oportunidades de estar com ele pessoalmente e fui tremendamente abençoado através de suas ministrações.
Sobre o assunto das máscaras, preguei recentemente sobre o tema "assumindo quem realmente somos". Se puder, dê uma espiada lá no meu site através do link abaixo, ok?

Abração minha irmã!

http://www.rodrigogoncalves.xpg.com.br/

Vilma disse...

Tinoca: A Palavra de Deus é viva! :)
Um beijinho!

Carmen: Verdade. A jornada sem luta, não é uma jornada cristã!
Beijinho

Marlene: Obrigada pela tua força e alegria sempre sentida!
DTA

Neli: Verdade ! O maior engano recai sobre nós mesmos!
Beijinhos

Rodrigo: Sim, gosto imenso de ler o Ed René. E fui ver o teu site também! Obrigada pela força!
DTA

bacouca disse...

"O caminho vai-se fazendo caminhando".
"Gostaria de saber transmitir a quem não tem fé, que a verdadeira fé de um crente é a fé que Deus tem nele"
É sempre bom ir ao baú e ver como ele não "guarda" coisas velhas e sem uso!

Vilma disse...

Bacouca: Grande verdade!
Muitas vezes nos esquecemos da preciosa maravilha que é perceber que Deus tem fé em nós!
É fabuloso mesmo!
Gostei! :))
DTA

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...