Este blogue não adoPtou o novo acordo ortográfico.

terça-feira, 9 de dezembro de 2008

Coisas dela

Enquanto estou no talho à espera de ser atendida, a minha filha começa a olhar para a vitrine onde a carne está exposta e de repente, muito surpreendida, aponta para os coelhos (esfolados, claro) e diz:
- Mãe, olha!!!!!  Dinossauros bébés!!!

Eu olho e acabo por me rir, porque na realidade a semelhança entre a cabeça de um coelho esfolado e a cabeça de um Tiranossauro Rex é muita!
O problema foi depois quando lhe expliquei que eram coelhos.
Ela perguntou-me porque estavam feridos e eu disse que já não tinham pelo, porque iam ser comidos.
- Ó ... estou cheia de pena, mãe!! - afirma ela a olhar para a vitrine.
 
E assim, em 5 minutos, os Dinossauros voltam à cena e a minha filha passou a ser uma potencial futura vegetariana.

10 comentários:

Rubinho Osório disse...

E, pergunto-me a mim mesmo, não deveríamos todos?
Afinal, o custo ambiental da alimentação com carne - especialmente a bovina - é alto demais. Não acha?

Vilma disse...

Rubinho: Concordo, claro!
Mas e a deliciosa picanha? E as nossas especialidades de novilho? Enfim, estamos mal habituados, mas concordo claro!

neli araujo disse...

Vilminha querida,

Sua filhotinha é especial!

Esta idade em que ela está é muito preciosa, e quando eles são observadores e falantes, fazem do nosso dia-a dia uma festa!

beijinho, linda!

carmen disse...

É, Vilma,
às vezes fico imaginando se não seria mais correto ser vegetariana... até o próximo bife, filé de frango ou peixe...
Nestas horas não me lembro das agruras deles...
Só acho que teriam de ter uma morte digna, sem dor, sem serem escalpelados ainda vivos, ou crueldades deste tipo...

bjs

Páginas com sentimento disse...

Nunca tinha pensado nisso de se assemelhar a um dinossauro, mas de facto tem razão a sua pequena. As coisas que as crianças descobrem...

CrisR disse...

Pois, eu não sou vegetariana, mas a carne sinceramente não me atrai. Carnes vermelhas nem lhes toco á anos, e só vai mesmo um bocadinho de frango ou pato uma vez por outra.
Agora quem me tira o meu peixinho! :) :)
Mas afinal Deus criou o mundo desta forma, em que haveria sempre alguem que teria de matar para comer, de forma a equilibrar o ecosistema.
Acho que nunca ninguem pensa muito nisso.

Vilma disse...

Neli: Sem dúvida, as crianças são incriveis e têm muito que nos ensinar.
Ajudam-nos acima de tudo, a voltar a ser crianças outra vez! :))
Beijinho.

Vilma disse...

Carmen: Eu tenho de esquecer tudo isso, para comer carne.
Em criança, eu sofria muito, quando tinha de ajudar a esfolar os coelhos que eu tinha brincado em bébés.
Eu fugis para não os ouvir e ver morrer!
Com o tempo tive de aprender a lidar com isso e separar as coisas.
Mas o ideal seria não comer os animais.
um beijinho

Avozinha disse...

Por uma história semelhante é que a minha filha Rute até hoje não come coelho...

Vilma disse...

Avozinha: Nem a minha irmã! :))

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...