Este blogue não adoPtou o novo acordo ortográfico.

terça-feira, 8 de julho de 2008

Brisas perfumadas


Uma das coisas que gosto muito de fazer quando vou ao Alentejo, é caminhar no campo.
Provoca-me um prazer imenso, à medida que caminho por sobre as várias ervas ou flores, sentir o aroma que elas exalam, quando são pisadas ou quando esmago algumas por entre os meus dedos.
Eu sinto o aroma dos poejos, da hortelã, da camomila, da erva cidreira, do alecrim, da alfazema.
Fico inebriada com a mistura de todos aqueles deliciosos aromas que invadem os meus sentidos.
Percebo então que todos esses aromas são libertados apenas quando são esmagados.
Posso senti-los no ar, mas esmagados, são bem mais intensos.
Vem-me então à minha memória um versículo :

Certas situações na vida parecem que nos esmagam. Que nos moem ao ponto de ser difícil de suportar.
Mas podemos, através delas, aprender a exalar um bom aroma.
Deus permite que determinadas coisas nos sucedam, para que exalemos um perfume mais intenso e sentido pelos que nos rodeiam.
Ao receber a força e o consolo de Deus, estaremos também a ser preparados para consolar e confortar outros que sofrem. A sermos mais sensíveis e graciosos para com o nosso semelhante.
Como filhos de Deus, as circunstâncias poderão despoletar um bom perfume.
Agradável a Deus e a quem nos rodeia.
Tal como as ervas esmagadas, assim posso também libertar o melhor aroma em mim, ao invés de me tornar amargurada ou endurecida.
Não quero ser como o caminho de pedras, que ao ser pisado nada liberta.
Quero libertar um aroma doce, agradável e intenso.
Tal brisa no rosto.

4 comentários:

bete pereira da silva disse...

Nunca passei por uma experiência agradável como essa de caminhar pelo campo rodeada por aromas de ervas, foi bom ouvir isso de você, pude me transportar a um mundo que nunca conheci. Muito agradável também a sua reflexão. Tenho certeza de que as pessoas sentem esse doce aroma em você.

Vilma disse...

Bete: é uma experiência maravilhosa.
Como eu associo muito os aromas a momentos, sou quase que transportada através deles. E o alentejo é rico nisso.
Aliás, em bons aromas mas também nos menos agradáveis, tipo estrume do gado. Mas até esses são bons. São naturais e bem mais preferíveis ao cheiro dos combustíveis!
:))
Um beijo e que DTA.

Sahara Thompson disse...

Propecia grows hair in about 50% of men after one year and around 66% of men after two years. Overall, around 85% of men do not lose any more hair while using Propecia.

Anónimo disse...

Graça e paz.Li o que escreveste e sentir a sinceridade das palavras,o valor que téns ao local ondes foste criada.O gostoso é a sinceridade que escreves e o cheiro que isso trás.
Vilma,obrigado por você colocar tanta coisa bonita no seu blog e pelas músicas...São lindas,lindas,lindas.Fica com o cheiro de vida em abudância.Esse cheiro só Jesus nos pode dar.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...