Este blogue não adoPtou o novo acordo ortográfico.

quarta-feira, 21 de maio de 2008

Prática

Por vezes, nem sei se falar tão abertamente com a minha filha sobre a morte, céu, etc. é bom.
É que ela encara tudo isso de forma tão natural, prática e espiritual, que teve duas saídas que me fizeram rir muito e ao mesmo tempo ficar um pouco surpresa.

Uma delas, ao estar à mesa a conversar com o meu marido sobre a minha avó e a comentar sobre a sua já muito avançada velhice e o facto de ter sido hospitalizada, ela diz-me:
- Mas mãe, se a tua avó já é assim tão velhinha, tão velhinha, tão velhinha .... ela já devia era estar no Céu!!! (Pooooiiisss....!)

A outra foi passada na nossa big viatura.
Estacionei o carro e ela vê algo que lhe despertou o interesse e pergunta o que é.
- É um ambientador para perfumar o carro, respondo eu.
Ela então pede-me para o cheirar.
- Hummmmm... cheira tão bem, mãe! Olha, quando morreres, isto fica para mim, para o meu carro, tá bem?
- Filha, não precisas de esperar tanto!! Fica já com ele! :D
Descontraída, ela!
Ou anda já a pensar na herança? Lol

7 comentários:

Lou Mello disse...

Não podemos esquecer que as crianças de hoje são cibernéticas. :)

Anna^ disse...

Tem sentido prático a miúda ;) e um descomplicómetro à medida :)

beijinhos

Alecrim disse...

lol. Antecipaste-lhe a herança.

rotten_apple disse...

Ela anda mesmo, mesmo a pensar na herança. :P
Beijo. Para as duas.

Volney Faustini disse...

Nada igual à singeleza e sinceridade de criança ... e a sua é bem espertinha!

Marlene Maravilha disse...

As criancas säo as nossas maiores riquezas! e falam cada uma...
beijo

leonor costa disse...

Se os adultos conseguissem ter um pouquinho da candura das crianças...
Bjs

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...