Este blogue não adoPtou o novo acordo ortográfico.

quarta-feira, 28 de maio de 2008

Arco-Íris


Hoje enquanto vinha no carro, escutava um cântico que falava nas misericórdias de Deus, que se renovam a cada manhã.
À medida que o ouvia e cantava, um arco-íris imenso formou-se à minha frente.
As nuvens estavam negras, de maneira que o brilho e as cores do arco realçavam-se de maneira fantástica.
Atenta que procuro estar, e sabendo o que tinha conversado com Deus nesta manhã, foi maravilhoso presenciar algo como o arco-íris.
Foi como um vislumbre de Deus para mim, a confirmação das Suas promessas.
Em dias em que tudo à nossa volta parece negro, em que circunstâncias nos querem enfraquecer, em que pessoas nos desiludem e traem, ficar firme nas promessas de Deus é a minha força.
A Sua luz e a Sua presença destacam-se e sobressaem no meio disso tudo.
Nada e nem ninguém é maior que Deus!
Confiar e descansar Nele, nas Suas promessas e no Seu agir, é paz no coração e alma.
Saber que aos seus amados ele dá enquanto descansamos, enquanto dormimos.


A benignidade do Senhor jamais acaba, as suas misericórdias não têm fim;
renovam-se cada manhã. Grande é a tua fidelidade.
A minha porção é o Senhor, diz a minha alma; portanto esperarei nele.
Bom é o Senhor para os que esperam por ele, para a alma que o busca.
Bom é ter esperança, e aguardar em silêncio a salvação do Senhor.
Lamentações 3:22-26

3 comentários:

alealb disse...

amém, Vilma.
é tão maravilhoso pra mim pensar nisso. enquanto durmo, pois não resisto ao cansaço do dia-a-dia, Deus atua em minha vida...
isso me encanta cada vez mais...
beijos,
alê

Jorge Oliveira disse...

Bom post!
Os arco-íris incomodam muita gente.
Principalmente certas trevas e nuvens sombrias que teimam em o querer esconder.

Louvado seja O Senhor que fez o céu e a terra!

Abraço.

bete pereira da silva disse...

Dizem que no fim do arco iris tem um caldeirão cheinho de moedas de ouro...

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...