Este blogue não adoPtou o novo acordo ortográfico.

quarta-feira, 5 de dezembro de 2007

Luz!


O meu marido tem um relógio cuja bateria se carrega com a luz.
Como agora ele veste roupa que lhe tapa o relógio e os dias estão mais cinzentos, o relógio começou a descarregar e o sinal de bateria a falhar, surgiu no visor.
Então, ele colocou o relógio no parapeito da janela durante todo o fim de semana, para a bateria carregar.
O relógio precisava de luz para funcionar em pleno!
Ora, um mecanismo como este, precisa de luz para poder funcionar.
E eu?
Não preciso também de luz? Mais especificamente, da luz divina, que me carrega as minhas baterias espirituais?
Quantas vezes, o cansaço, a apatia ou o desânimo que se apoderam de mim, não são pelo facto de eu andar "descarregada"?
Ou por permitir que a minha visão alcance apenas o que vejo, sem procurar olhar para além do que os meus olhos vêm?
Tantas coisas hoje me podem fazer descarregar.
No entanto, tal como o relógio do meu marido, eu tenho a fonte de luz para me recarregar.
E sei que se eu não me chegar a ela, fico fragilizada. Tal como uma bateria.
Está nas minhas mãos buscar e encontrar.

10 comentários:

Caio Kaiel disse...

Olá, estou de volta... senti muita falta dos meus amigos de blog (vocês são importantes para mim).

E como o texto fala de mim... basta ficar um pouco "com pouca luz", que logo minha alma reclama pela LUZ... não temos outra saída... somos dEle - nossa fonte de Vida.

Deus te Abençoe!

Vilma disse...

Olá Caio!
Bem vindo de novo à blogosfera!
Senti falta dos teus sempre mravilhosos textos.
É como tu dizes: não temos saída!
A nossa alam foi feita para Deus e só descansa Nele!
DTA

Lou Mello disse...

Estou indo para a janela, agora mesmo.

Vilma disse...

É onde eu me encontro também, Lou! :)

Anna^ disse...

E a LUZ que tu irradias na minha vida....!!! :)))

beijo grande

Caio Kaiel disse...

Gostei do comentário do Lou...

Também estou indo para a janela!

DTA!

Vilma disse...

O parapeito tem espaço para todos. Vamo-nos aconchegando! :)

alealb disse...

ainda tem espaço nessa janela?!
:)
beijos,
alê

Vilma disse...

Claro que sim Alê! :D

Fa menor disse...

Olá, Vilma!

Gostei muito desta tua reflexão!
Às vezes também me sinto um pouco com a bateria descarregada... e a desculpa é sempre a mesma: trabalho, falta de tempo!... olha, desculpas... A Luz está tão ao alcance da nossa mão! Por vezes andamos é mto distraídos e ocupados com coisitas de menor importância!

Beijinhos grandes

Fa-

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...