Este blogue não adoPtou o novo acordo ortográfico.

terça-feira, 2 de outubro de 2007

Cruz: vida ou morte?

Enquanto entrava no cemitério, observava no meio do silêncio, a entrada do mesmo e as campas.
A cruz ornamentava a grande maioria delas, assim como a entrada do cemitério.
Perguntei para mim mesma: ela é utilizada como símbolo de morte ou vida?
Enquanto olhava para a cruz à porta, lembrei-me do momento em que eu morri ... aos pés da cruz.
Naquele momento, foi símbolo de morte.
A morte do meu velho "EU". Da minha auto-suficiência.
E ainda continuo a morrer. Todos os dias mais um pouco.
Mas foi também ali, aos pés da cruz, que renasci.
As coisas velhas passaram e uma nova criatura nasceu de novo.
Renasci, porque Alguém morreu por mim.
Morreu a morte que eu merecia morrer.
Por isso, quando vejo a cruz, mesmo num cemitério, onde a morte parece reinar, vejo VIDA.
E sinto paz, porque ainda que pareça que tudo terminou ali, apenas é o lugar dos que morrem, para entrar no mundo dos que vivem eternamente.
Em Cristo.
Sou grata a Deus.
Pela Cruz!

6 comentários:

Alberto Fernandes disse...

Lindo! É verdade!!

PDivulg disse...

Gostei de seguir o teu raciocínio. De facto este dilema da vida e da morte é complexo, mas simples...

Cristina disse...

Muito interessante a dicotomia.
Creio que a cruz sempre simbolizará quer a morte, quer a vida. Não consigo desassociar uma coisa da outra, porque parece-me que estão sempre relacionadas. De alguma maneira, uma produz a outra. Por exemplo: por causa do pecado nascemos com a certeza da morte da nossa matéria física, por outro lado a morte para o mundo produz vida eterna.

Gostei de reflectir contigo...

Beijinhos.

Anna^ disse...

Fascina-me essa tua maneira de ver a vida!Contigo aprendo sempre um bocadinho. :)

beijo

Lisá disse...

Porque aceitamos a cruz, morremos para uma vida de pecado e ressuscitamos para uma nova vida COM CRISTO.
Lindo pensamento!

alealb disse...

lindo post... amei!
beijos,
alê

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...