Este blogue não adoPtou o novo acordo ortográfico.

terça-feira, 11 de setembro de 2007

Ver, fazer e aprender

Image provided by YourCoolProfile.com
More at YourCoolProfile.com

Neste fim de semana, visitámos o Pavilhão do Conhecimento.
Fiquei bastante surpreendida, pois não calculava que pudesse ser tão interessante.
Ao entrar na primeira sala, não fazia ideia do que me esperava.
O tempo foi curto para experimentar tantas coisas interessantes: poder tirar uma foto à minha sombra, fazer uma bolha de sabão gigante com um sopro, provocar um tornado ou uma tempestade de areia, olhar para o infinito, ver a pessoa à nossa frente desaparecer, ilusões de óptica causadas pelo nosso cérebro, etc, etc ... isto apenas numa sala.
Não conseguimos ter tempo para o resto!!
Precisamos de voltar. O tempo foi curto para "brincar".
Sim, porque éramos sete crianças a brincar com tudo aquilo e tivemos que ser expulsos do Pavilhão... fomos os últimos a sair. A contra gosto!
Em cima coloquei uma das muitas ilusões de óptica que são provocadas pelo nosso cérebro.
Não existe nenhuma bola verde. Mas ao fim de um tempo a olhar para a cruz, não é que a vemos??? :))
Coisas....

5 comentários:

Cristina disse...

Parabéns pelo tempo que tiras para coisas interessantes como esta.
É importante gerirmos a nossa vida, não em redor das coisas que perecem, mas em busca do conhecimento, da aprendizagem da mente e essencialmente do coração.

Fica bem.

JOINCANTO disse...

Foi muito divertido. O funcionário é que (disse), me conhecia... senão vocês eram todos expulsos da Mouraria e arredores!

AHAHAHAHAHAH

Coisas de Mim disse...

LOL: e se eu te fizer desaparecer outra vez, hein? Ehehehehe

Marlene Maravilha disse...

Que lindo passeio! gratificante e edificante!
beijos

Rubinho Osório disse...

É, o perigo do olhar fixo e exclusivo sem reparar no contexto e ambiente é acabarmos enxergando o que não existe!!!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...