Este blogue não adoPtou o novo acordo ortográfico.

quarta-feira, 26 de setembro de 2007

Sinto saudades


do meu Alentejo.
Das planícies a perder de vista, com os campos salpicados de lilás, amarelo e branco no meio do verde; ou então, do tom dourado aquecido pelo sol do Verão.
De escutar pela manhã, o som dos rebanhos, com o balido das ovelhas e os sinos que soam ao seu movimento.
Do pôr do sol que embeleza os céus e os campos de uma maneira indescritível.
Dos aromas. Dos sabores. Do colorido.
Das casas da aldeia muito branquinhas, todas caiadas, sobressaindo o azul debruado nas portadas das janelas e portas.
Das pessoas, de encontros, da simplicidade.
Saudades!

5 comentários:

Rubinho Osório disse...

Eu, que nunca lá estive, senti saudades!!!

Van Dog disse...

Lindo.

alealb disse...

lindas fotos! magníficas!
beijinhos,
alê

Cristina disse...

Imagens lindíssimas...

Posso correr pra lá já hoje?
Preciso tanto de um refúgio onde ouça o som dos rebanho em vez do som de mil vozes...

Beijinhos.

Vilma disse...

Cristina: o Alentejo está aqui tão pertinho!
Que tal uma escapadinha? ;)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...