Este blogue não adoPtou o novo acordo ortográfico.

quarta-feira, 10 de janeiro de 2007

Presentes por abrir

Ao ir visitar a minha mãe ao Alentejo, descobri, surpresa, que o último presente que lhe tinha dado, ainda estava por abrir.
Disse-me ela então que o embrulho é tão lindo, que ela não tem coragem de o desmanchar.
Eu até a percebo. A perfumaria onde lhe comprei o presente, é especialista a fazer embrulhos espectaculares. Lindos mesmo!
Mas o que conta na verdade: o embrulho ou o conteúdo?
A minha mãe aceitou o presente mas, na verdade, ainda não tomou posse dele.
Tem ali algo de bom e cheiroso para usar ... e com riscos de se deteriorar.
Se deixar passar o tempo, deixa de poder disfrutar o conteúdo, pois ficou apenas pelo embrulho.
Com quantos de nós isso não sucede também.
Recebemos presentes lindos ... mas por usar!
Deus então, é especialista em nos oferecer belos presentes.
Mas quantas vezes os deixamos assim, por desembrulhar? Por disfrutar?
Promessas maravilhosas, a salvação, a vida eterna....
O maior presente então, é Ele mesmo!!!
Mas até Deus, um dia ... se pode "deteriorar".
No livro de Isaías, em 55:6, lemos assim:
"Buscai ao Senhor enquanto se pode achar, invocai-o enquanto está perto.”
Se esta passagem diz "... enquanto se pode achar... ", significa que um dia já será tarde.
Recebemos o presente sim... mas e quando o abrimos?

6 comentários:

Anna^ disse...

Mais uma analogia para me fazer pensar...sim ,é verdade que é raro,mas tb penso,assim de longe a longe :DD

beijinho enormeeee

alealb disse...

o pior é quando não se dá conta da existência do presente...
beijos,
alê

Margarida Atheling disse...

Tens razão mais uma vez! Ficamos tantas vezes só pelo embrulho...

Beijinhos, com saudades!

JOINCANTO disse...

Este é o tempo de buscarmos a Deus e exalarmos e espalharmos o seu perfume.

DTA!

Lou Mello disse...

Todos adoram um presente. Agora gostar tanto a ponto de não abrir é gostar muito além. Mas você está certa, pode ser que não tenhamos aberto o presente ainda, ou pelo menos, uma boa parte dele.

Ego ipse disse...

A verdade é que só desfrutamos verdadeiramente do presente quando o usamos, aplicamos etc... e excelente analogia Vilma: Cristo só está em nós não a partir do momento em que o recebemos mas quando aplicamos à nossa vida Seus exemplos e ensinos

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...