Este blogue não adoPtou o novo acordo ortográfico.

terça-feira, 30 de maio de 2006

Entretanto e até lá...

Um dia alguém chegará
e levantar-me-á outra vez.
Um dia alguém chegará
e retirará de mim toda a dor e
toda a ansiedade.
Um dia alguém rasgará a cortina
e revelará as mentiras,
um dia alguém
finalmente vai
quebrar as correntes.
Mas entretanto,
entretanto
quero amar e
aprender.
Entretanto,
vou crescer
e estar firme.
Entretanto...
Uma viagem tão longa
parece que nunca mais
chegas ao destino.
Com tanto sofrimento,
alguma vez alguém
pode curar a alma?
Uma saudade tão forte,
quem poderá encher
este vazio?
E quem vai entender
todas as tuas necessidades?
Anja Lehmann - In The Meantime
(tradução à letra da música desta semana)

13 comentários:

Anónimo disse...

Lindo Vilma, tal como te conhecemos.

Lou disse...

Nós precisamos de você. Já estamos mal acostumados. Deus vai ter que abreviar e cicatrizar sua ferida antes do tempo previsto. Nós precisamos de você.

Paula disse...

Nestes momentos é difícil para mim dizer seja o que fôr, apenas te digo que, apesar do estado do teu coração, irradias luz.

Abraço forte!

Anna^ disse...

Um beijo enorme doce Amiga!

Marlene Maravilha disse...

Que a paz de Cristo que excede a todo entendimento humano possa fazer morada no teu coração.
Sei que vais superar esta dor com o suporte do Pai.
Deus te abençoe linda! Irradias alegria, luz, e vais continuar. Mas temos que dar-te o direito de assim te sentires.
beijos

rui miguel duarte disse...

Um beijo e coragem, pois a tranquilidade que Deus traz supera todas as borrascas.

rui miguel duarte disse...
Este comentário foi removido por um gestor do blogue.
rui miguel duarte disse...

Ocorreu-me apenas desejar que nesta ocasião descubra com maior profundidade o Grande Consolador e o consolo, para que por sua vez possa consolar outros, quando o momento se lhe oferecer, e que os laços familiares na família enlutada se fortaleçam mais intimamente.

JOINCANTO disse...

É uma maravilha a letra e música.
Abraços.

Vilma disse...

Lou: compreendo as suas palavras meu amigo, mas não é por mim e tu sabes. Não é de mim que precisam, porque eu sou um recipiente feito do mais frágil barro... mas que contém um tesouro tremendo que é a força de Deus! E é dele wue tomos carecemos... é Dele que vem a minha força também! E é ele que está a sara a ferida! Deus te abençoe .. muito!

Vilma disse...

Rui: podes publicar o post! Obrigada pela partilha...

Andrea disse...

Vilma,

Deus está contigo, sem duvida alguma.
Que o Seu olhar continue a dar-te o vigor e a força que precisas.


Abraço.

Tinoca Laroca disse...

Vilma, sei que dizer CORAGEM soa a muito pouco.
Houve alturas em que me diziam isso, e, eu pensava: "o que sabem do que estou a sentir? coragem é muito fácil dizer, soa-me a muito pouco"
Mas a CORAGEM vem lá do fundo da nossa alma, a CORAGEM vamos buscá-la em Jeová que em tudo sofreu como qualquer um de nós.
Tal como disse o Lou, todos nós precisamos de ti.
És especial, única, uma pérola. Não existe outra Vilma igual a ti.
E nós te amamos...
E realmente precisamos de ti.
Mas sem pressas... sem pressão... levarás o tempo que necessitares.
Nós estaremos aqui, orando, em silêncio, para que completes o teu luto. Com todo o respeito e amor que mereces.
Bjs.
T.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...