Este blogue não adoPtou o novo acordo ortográfico.

domingo, 9 de outubro de 2005

Deixar-se amar...

Escuto a oração pastoral, quando sinto o meu coração ser "aquecido" pelo pedido singelo, mas profundo, contido naquela oração:
"Deus, que haja em cada um de nós um coração disposto a amar e a deixar-se amar!"

A escolha de amar, o alvo do nosso amor, nunca é completo, se não permitimos ser amados. E quanto perdemos por isso! Ser amado ... haverá algo melhor que isso?
É importante amar, mas muito importante também é deixar-se amar! E quantas vezes resistimos ao amor de alguém? Quantas vezes resistimos ao amor de Deus?

E o mais extraordinário de tudo é que se nós amamos, Deus amou-nos primeiro a nós. Amamos porque Ele nos amou primeiro! 1 João 4:19

Então, não resistamos a esse amor!
Deixemo-nos amar!

7 comentários:

Margarida Atheling disse...

Tens razão, mais uma vez!
Nem sempre sabemos deixarmo-nos amar!

Beijinhos!

Anónimo disse...

De facto, menos complexa e dificil seria a vida se assim o fizessemos.O problema é que muitas vezes, apesar de sermos muito amados, optamos por continuar à procura de quem nos ame ainda mais.

Pdivulg disse...

Sem dúvida o 1º passo deixar-se amar!!

Anna^ disse...

Um beijo enorme por este post :)))))

dinorah disse...

e não é tão bom sermos amados?!?!

maravilha!!

mil beijos

nokinhas disse...

Há pessoas que não sabem amar nem se deixam amar. Eu conheço!

Teotónio disse...

Vilma, um amor compreendido, facilmente é oferecido!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...