Este blogue não adoPtou o novo acordo ortográfico.

sexta-feira, 2 de setembro de 2005

Confiança

Durante as férias, observava a minha filha com o pai na piscina. Ela estava na beira da piscina e o pai dentro, de braços abertos à espera que ela se atirasse. E ela atirava-se para os braços dele num vôo de absoluta confiança e certeza de que o pai a iria segurar e que nenhum mal lhe sucederia. Que delícia ter essa confiança!

Mas, afinal, o que é confiança? É fé! É entrega total! Absoluta!E ao olhar para o mundo de hoje, encontro muitas pessoas que dizem não ter fé. Em Deus, claro. Mas a verdade, é que todo o ser humano, tenha ou não fé em Deus, coloca a sua confiança diariamente nas mãos de outras pessoas sem sequer se aperceber.

Temos fé no padeiro que prepara o pão todos os dias. No motorista que nos leva para o trabalho. Nos médicos que cuidam da nossa saúde. E tantos, tantos outros. Colocamos as nossas vidas nas mãos de seres humanos falíveis, depositamos a nossa confiança em tantas situações e no entanto ... tão desconfiados em confiar em Deus na nossa vida. Tão renitentes, tão cépticos, tão orgulhosos, tão amargurados. Tão seguros de nós mesmos!

E eu olho para Deus e vejo-O como um Pai de braços abertos.

Aguardando e esperando que cada um de nós, com a entrega e confiança de uma criança, saltemos para o Seu colo, confiando em absoluto Nele.

Ele está de braços abertos e mão estendida. O salto é nosso!

Isso é confiança, é fé, é aceitação. É escolha!

Então, porque sentimos tanta dificuldade em saltar? Como eu gostava de ser como uma criança...


ORA, a fé é o firme fundamento das coisas que se esperam, e a prova das coisas que se não vêem. - Hebreus 11:1


Não atentando nós nas coisas que se vêem, mas nas que se não vêem; porque as que se vêem são temporais, e as que se não vêem são eternas. - 2ª. Coríntios 4:18




7 comentários:

kikas disse...

Eu sou uma pessoa de fé e confiança...temos que confiar em muita gente sem sequer nos apercebermos...eu quando confio, confio...já apanhei desilusões mas acima de tudo tenho sempre fé e confiança que me consigo levanatr e começar tudo do zero!
beijocas
kikas

Ana disse...

fazia exactamente o mesmo com o meu pai... será que ainda dava??? Acho que se fizesse o mesmo agora o mais provavel era aleijarmo-nos a serio os dois... jokas

Paula disse...

POis é, a fé é confiança total... tem de levar a entrega!

Margarida Atheling disse...

Tens razão! É isso mesmo!
A fé é mesmo a confinaça total! :)

Beijinhos!

Anna^ disse...

Gostei muito deste post! :)
Fé...entrega... confiança total.
Bom fds :))))))

bjokas ":o)

Rita disse...

Tens razão. Por isso peço continuamente a Deus que me ajude a tornar-me num ser melhor. É por isso tb que sempre digo que tenho muito para crescer ainda...
beijinhos e bom fim-de-semana!

jaime fernandes disse...

A total confiança de uma criança...
é essa a fé que precisamos ter em Deus. Foi precisamente isto que Jesus disse quando afirmou em Mateus 18:3, “em verdade vos digo que, se não vos converterdes e não vos tornardes como crianças, de modo algum entrareis no Reino dos Céus”. Para isso precisamos ser humildes como elas, entregando-nos completamente nos braços fortes, firmes e seguros de Deus. Como fez a tua filhota, ATIRARMO-NOS PARA OS BRAÇOS DO PAI.

Infelizmente confiamos muito mais depressa naquilo que falha (nos homens... em nós próprios), em vez de confiarmos em Deus.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...