Este blogue não adoPtou o novo acordo ortográfico.

terça-feira, 30 de agosto de 2005

A mais linda história de amor

Quando falamos em história de amor, surge quase de imediato na nossa mente, um romance entre um homem e mulher.
Há histórias de amor lindas, sem dúvida. Eu mesma gosto muito de ler romances, ver filmes de romances. Sou mesmo uma romântica por natureza.

Mas o amor entre um homem e uma mulher são apenas um reflexo ténue, comparado com a história de amor que mais tocou o meu coração.

E essa história de amor, é contada e vivida por Deus: o Seu amor infinito pelo ser humano!

Escutei uma canção linda, que expressa bem a verdade desse amor.
Apesar da melodia ser muito bonita, a letra tocou-me.
Partilho-a aqui.

Em busca de amor
Em busca de paz e alegria eu me feri
Nas ilusões desta vida quase morri
Foi quando escutei aquilo que um dia tu fizeste por mim
Me apaixonei e não volto atrás

A mais linda história de amor
Foi o Senhor quem contou
E viveu e morreu por mim
Me amando até ao fim
Como não me apaixonar?
A mais linda história de amor
Ao mundo eu contarei
Viverei, morrerei por ti
Te amando até ao fim

Quero alegrar o tue coração trazendo muitos a ti
A nova vida que tenho não posso esconder
Deixar brilhar a luz e a esperança que tenho dentro de mim
Nos quatro cantos da Terra
Quero anunciar

Letra e Musica: Ana Paula Valadão Bessa - Diante do Trono

9 comentários:

Paula disse...

Eu gosto tanto dessa músicaaaa...
Aliás, eu adoro todas as músicas dos DT...
E a mais linda história de amor foi mesmo o Senhor quem contou...

Margarida Atheling disse...

:)

Beijinhos!

Anna^ disse...

Só TU para um post destes...desta dimensão! :)

Fica bem!

bjokas ":o)

jaime fernandes disse...

Não conheço a música, mas a letra é muito bonita.

nokinhas disse...

Lindo... e não há amor maior. Deus é amor e por amor deu-nos o seu Filho tão amado.
Obg. pela visita.
Beijinhos

Leonor

Samuel Rezende disse...

Quando acabei de ler o belo texto, embalado pela suave música do Diante do Trono, o profeta Oséias já residia na minha cabeça.
Deus orientou o profeta Oséias a receber uma antiga prostituta como esposa, representando no palco de uma vida real, uma parábola da apostasia de sua nação. Gômer não conseguiu conviver com horários noturnos a cumprir e conversas junto ao poço da aldeia.
Velhos hábitos voltaram à tona. A promiscuidade tornou a ocupar seu espaço. Ela abandonou sua família e mergulhou na lama, tornando-se escrava de um de seus clientes.
O amor incondicional de Oséias levou-o a resgatá-la. Deus portou-se da mesma forma, apesar da rebeldia e degradação humana, seu amor permaneceu inalterado, e ele veio há dois mil anos resgatar a humanidade.
Toda vez que leio Oséias ou os discursos de Deus que começam com severidade e se dissolvem em lágrimas, fico maravilhado diante de Deus por se permitir suportar tanta humilhação apenas para voltar e receber mais. “Como te deixaria, ó Efraim? Como te entregaria, ó Israel?” Substitua o nome de Efraim e Israel pelo seu próprio nome. No coração do evangelho está um Deus que deliberadamente submete-se ao poder selvagem e irresistível do amor.

Xuinha Foguetão disse...

Vilmita,
quando escrevi o meu post de hoje (ontem...) ainda não tinha lido este! :)
Mesmo tendo sido tu e o Artur uma das minhas fontes de inspiração!
Beijocas enormes!

Lucia disse...

Sem dúvida a maior história de amor, a letra é linda...
Beijinhos

kikas disse...

A letra está magnifica...que bela história de amor...
beijinhos
kikas

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...