Este blogue não adoPtou o novo acordo ortográfico.

quarta-feira, 9 de fevereiro de 2005

Não esperes...



Os últimos dias trouxeram-me uma lição muito grande: saber "não adiar".
Recebo muitas vezes, lindas mensagens e apresentações sobre viver o dia a dia, dizer o quanto amamos alguém, não deixar de disfrutar as pessoas e os momentos, tomando-os como certos.
Hoje, sei o que isso é. Vivi isso.
Adiei muitos momentos, muitas palavras.
Mas não quero esperar mais e nem adiar mais. Quando amo, vou dizer que amo. Se puder estar com alguém que estimo e gosto, vou fazer os possíveis para estar.
Não devo reter algo que pertence a outro, como um elogio, uma palavra de conforto e de amor.
Normalmente, não o faço. Gosto de elogiar, gosto de confortar. Mas mesmo assim, ainda é pouco.
Preciso de dizer e mostrar mais o quanto amo a minha familia, meus amigos. O quanto são importantes para mim.
Porque num momento falamos com eles; no outro, já partiram. E aquilo que tomámos como certo, escapa-se entre os nossos dedos...
E eu amava a minha irmã, tanto e não o sabia... e não lho disse!
Porque não interessa a quantidade de vezes que vemos ou estamos com alguém. O que importa é o sentimento, a emoção. Um dia só, pode valer como uma bela recordação para toda a vida. No fim, é isso que fica: as boas recordações.

4 comentários:

Lucia disse...

Por vezes temos tendência para não dizermos o que sentimos, mesmo aqueles que nos são mais queridos, e depois às vezes já é tarde quando o queremos fazer.
Concordo com a tua opinião e devemos sempre HOJE dizer o que sentimos por alguém e nunca deixar para AMANHÃ
Beijinhos

Sara disse...

:)

Someone Here disse...

Todos os dias faço um esforço para pôr isso em prática! Mas o dia a dia atabalhoado faz-nos muito vezes esquecer as coisas importantes! A tua irmã vê, de onde está, o quanto tu a amas! Beijinhos.

Ana disse...

Pois é todos os dias devemos dizer o que sentimos a quem amamos... nunca adiar...
Jokas
Ana

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...