Este blogue não adoPtou o novo acordo ortográfico.

quinta-feira, 30 de dezembro de 2004

Sobre 2004

Ao repassar o ano de 2004 na minha cabeça, sem dúvida alguma, aquilo que mais me marcou a nivel pessoal, foi a minha nova identidade: ser mãe.
Para transcrever todo um ano no papel não consigo. Há sentimentos, emoções, risos, alegria, lágrimas que não se conseguem passar para o papel. Só sentindo.
Não sei quem tem aprendido mais ou ensinado mais: se eu a ela ou ela a mim.
Nunca pensei que fosse possível amar tanto, a ponto de doer. Também vieram ao de cima coisas em mim que pensei não ter: tanto boas como más. Tenho cometido muitos erros, falhado muito. Quantas vezes fiquei de rastros com atitudes que não devia ter tomado, com a paciência que faltou. Sei lá, é dificil descrever.
Mas tenho aprendido e crescido muito. Aliás, sem erros e falhas não aprendemos grande coisa. E aquilo que tenho procurado acima de tudo, é permitir que nesta experiência maravilhosa de ser mãe, eu me vá tornando uma pessoa melhor.
Também me tenho deliciado ao ver o meu cara-metade no seu novo papel de pai. Há medida que vai desabrochando, ele revela-se um pai fabuloso. Um paizão! Não é daqueles pais que ajude muito no trocar de fraldas, no banho, a dar comer. Não, esse não é muito o papel dele. Mas é um pai presente. Que se esforça para sair do trabalho o mais cedo que pode para estar com ela, que brinca, que salta, que tem paciência quando a mim me falta, que lhe diz que a ama, que a repreende com amor ... Há medida que ele desabrocha como pai, eu encanto-me com ele! Afinal, foram 20 anos de vida em comum sem filhos e agora é como uma nova pessoa pra mim. É como se me apaixonasse de novo por ele. Só que agora, de uma outra maneira. É estranho, mas é bom!
Agora temos novas razões para prosseguir, novos objectivos, nova vida. Virada do avesso mas com o coração cheio.
Muitas coisas aconteceram neste ano: boas e más. Mas tudo é ofuscado com a nossa Vitória. Porque é o que ela é na nossa vida: uma pequena grande Vitória!

2 comentários:

Anónimo disse...

:)
Ana Rute Cavaco

rhhu disse...

Obrigada por partilhares a vossa felicidade. Também mostra que vale sempre a pena prosseguirmos e que a vida é tão mais bonita quanto melhores forem os olhos com que a observamos. Muitos momentos bons neste novo ano!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...