Este blogue não adoPtou o novo acordo ortográfico.

segunda-feira, 29 de novembro de 2004

A luz dos teus olhos

Dou por mim a trautear uma música que tem esta letra (+- assim):

"Quando a luz dos olhos meus
E a luz dos olhos teus
Resolvem se encontrar
Ai, que bom que é meu Deus
Que frio que me dá o encontro desse olhar
Mas se a luz dos olhos teus
Resiste aos olhos meus
Só pra me provocar
Meu amor, juro por Deus
Me sinto incendiar."

Cantei-a muitas vezes, num sentido puramente romântico.
Ontem, dei por mim, a cantá-la ao meu novo amor: embalado nos meus braços, num último "miminho" antes de dormir, a olhar para aqueles olhos que têm puro magnetismo, que quando olham dentro dos meus... ui! Que frio na barriga!
Alguma vez pensei em cantar esta música para uma criança de dois anos?!
Agora comprendo aquela frase que diz: "Quando um bebé segura na tua mão e olha nos teus olhos, ficas seu prisioneiro para sempre."
E é mais ou menos isso.

2 comentários:

xilileca disse...

Ser mãe tem destas coisas... pequenas "contradições"...

Ana Rute Cavaco disse...

Prisioneira... é mesmo uma boa expressão.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...